Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 13 de outubro de 2012

Líder da Al Qaeda convoca guerra santa contra vídeo anti-islã

Ayman al Zawahri
O líder da rede terrorista Al Qaeda, Ayman al Zawahri, convocou neste sábado os muçulmanos a uma guerra santa contra os Estados Unidos e Israel por causa do vídeo que faz uma sátira ao profeta Maomé, revelado em setembro.

O filme "A Inocência dos Muçulmanos" provocou uma série de protestos violentos em mais de 30 países de maioria muçulamana no mês passado, deixando dezenas de mortos e centenas de feridos. 

Em vídeo publicado em sites radicais islâmicos nesta sexta (12), Zawahri disse que as autoridades americanas "permitiram o filme em nome das liberdades pessoais e da liberdade de expressão". 

No entanto, o líder da Al Qaeda considera que os EUA falham ao expressar estes valores em relação ao tratamento dos presos muçulmanos da base de Guantánamo, do Iraque e do Afeganistão. 

Ele qualificou como "leais e zelosos" os responsáveis pela invasão da embaixada dos Estados Unidos no Cairo e os que fizeram o ataque ao corpo diplomático americano em Benghazi, na Líbia, em 11 de setembro. Na ação, foi morto o embaixador Christopher Stevens. 

Apesar do elogio, ele não reivindicou para a entidade o ataque ao consulado líbio. O governo americano suspeita do envolvimento da Al Qaeda na emboscada. 

Jesrusalém
O líder do grupo extremista ainda criticou o presidente Barack Obama por deixar que fosse aprovado o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel na Convenção Democrata, em setembro. 

Ele diz que a declaração e as orações feitas por Obama no Muro das Lamentações, em Jerusalém Ocidental, em 2008, mostram que os islâmicos enfrentam uma "cruzada sionista liderada pelos Estados Unidos". 

Zawahri assumiu o controle da Al Qaeda após a morte de Osama Bin Laden, em uma operação das Forças Armadas americanas em maio de 2011, no Paquistão. 

Fonte: Folha de São Paulo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário