Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Eclipse que ocorreu hoje, em 21 de agosto, seria prenúncio do fim do mundo em 23 de setembro?

Eclipse solar total visto da Ilha Ternate, na Indonésia, em março de 2016.
Eclipse solar total visto da Ilha Ternate, na Indonésia, em março de 2016. Reuters
Hoje aconteceu o tão esperado eclipse lunar. Quando a lua cobriu o sol provocando uma queda repentina da temperatura e mergulhando a Terra na escuridão (Na verdade, algumas regiões do hemisfério norte).

Mais da metade do planeta – inclusive 12 Estados dos EUA – presenciou esse evento único na vida – apelidado de O Grande Eclipse Total Americano. Também a região nordeste do Brasil pode vislumbrar parcialmente esse acontecido.

Mas, o que se diz é que o eclipse de hoje, seria prenúncio de uma catástrofe maior em 23 de setembro de 2017. Será?  

Pois é... 

Se tornou viral na internet anunciar uma grande calamidade para o mês que vem. O fim do mundo, como alguns dizem. E algumas dessas afirmações, inclusive, são baseadas na bíblia sagrada.

Um dos primeiros a anunciar esse pressuposto acontecimento, seria o  astrônomo amador cristão David Meade. Que inclusive afirma que Nibiru – também conhecido como Planeta X – aparecerá nos céus em 23 de setembro de 2017. Isso mesmo!, daqui a exatos 33 dias!

"A Europa está perdida". Alertou o principal Rabino da Espanha, aconselhando os judeus a se mudarem para Israel

A Europa "civilizada" pós-cristã e hedonista tem provado nestas últimas 24 horas a espada do Islão na sua sociedade acomodada e egocêntrica.

Não só os dois bárbaros ataques terroristas islâmicos em nome de Alá no coração da Espanha, causando pelo menos 14 mortos e dezenas de feridos, como o esfaqueamento esta tarde de várias pessoas na pacata Finlândia, provocando 2 mortos e muitos feridos, provam que a Europa já não é mais o paraíso seguro e próspero que a tornou tão atraente para tantos.

Parece que as notícias de mais um ataque terrorista islâmico começam a fazer parte da rotina diária do europeu, tão incomodado quando Israel se defende legitimamente dos ataques dos seus inimigos, mas agora revoltado quando esse mesmo tipo de terrorismo "em nome de Alá" lhe vem bater à porta...

Ciente da realidade atual de uma Europa cada vez mais invadida pelas hordes islâmicas oriundas do Médio Oriente e do Norte de África, o rabino de Barcelona Meir Bar-Hen emitiu um alerta aos cidadãos judeus que vivem em Espanha: "A Europa está perdida. Digo aos meus congregantes: Não pensem que estamos aqui para sempre. Encorajo-os até a comprarem propriedades em Israel."

Profeta judeu que predisse 3 guerras fez prognóstico alarmante sobre Pyongyang




A profecia foi feita em 1994, muito antes de a Coreia do Norte ter começado a desenvolver seu potencial nuclear.

Um rabino que predisse o início de três guerras assegurou há duas décadas que um conflito com a Coreia do Norte levaria ao fim do mundo, informa a edição Daily Star.

A previsão de Levi Saadia Nahmani apanhou muitos de surpresa, dado que o país comunista não tinha armas nucleares na época e não era visto como uma ameaça pelos outros países, exceto pela Coreia do Sul.

'Coreia virá até aqui'

Naquela época, muitos judeus tinham medo dos mulás radicais do Irã, de Saddam Hussein no Iraque, do coronel Muammar Kadhafi na Líbia e de Hafez Assad na Síria.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Fim dos tempos: Gráficos mostram como a Terra ficou mais quente nos últimos 100 anos

http://www.ultimosacontecimentos.com.br/static_img/264689/resize-500x281_5-1170.jpg

O meteorologista finlandês Antti Lipponen produziu um vídeo (abaixo) revelando as anomalias de temperatura ao redor do mundo desde 1900.

Ele analisou dados de 190 países nas cinco regiões do globo coletados pela Nasa, a agência especial americana. Lipponen calculou primeiro a temperatura média de 1951 a 1980 em cada país - o que chamou de período-base.


Sinais do fim: Desenho da Disney exibe mães lésbicas com mensagem LGBT para crianças

Exibido primeiro para o programa 'Disney Junior' (EUA), um episódio recente do desenho animado para crianças chamado "Doc McStuffins" ("Doutora Brinquedos", em português) apresentou duas mães lésbicas como chefes de uma família.

https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840x500/smart/https://media.guiame.com.br/archives/2017/08/08/3840831596-doutora-brinquedos.jpg
 
O desenho - que agora está em sua quarta temporada - está voltado para crianças de 2 a 5 anos, de acordo com Common Sense Media. O desenho também é exibido no Brasil por meio da 'Disney Junior BR', com o nome "Doutora Brinquedos".

"Doc McStuffins" é um programa muito muito popular e recebeu o apoio de uma variedade de públicos com diferentes origens. A personagem principal é uma menina negra chamada "Doc", que ajuda os animais de pelúcia enfermos como uma "médica mirim".

O episódio intitulado "O Plano de Emergência" foi exibido no Disney Channel na semana passada. Mostrou mães que se portam como um casal. As personagens ganharam as vozes de duas lésbicas conhecidas nos EUA: Wanda Sykes e Portia de Rossi.
 

Ex-executivo do Facebook prepara refúgio para sobreviver a 'apocalipse tecnológico'

Antonio Garcia Martínez, de 40 anos, vivia no epicentro da revolução digital, mais precisamente no Vale do Silício, região próxima de San Francisco, nos Estados Unidos, onde estão as sedes de algumas das principais empresas de tecnologia do mundo. Mas desde 2015 ele mudou radicalmente de vida ao chegar à conclusão que estaríamos prestes a enfrentar um "apocalipse tecnológico". 
 
Antonio Martínez em seu refúgio Foto: BBCBrasil.com

Martínez afirma que o avanço da tecnologia - em especial, da combinação entre automação e inteligência artificial - mudará radicalmente a economia global e fará com que empregos desapareçam em escala massiva.

Publicidade
"Dentro de 30 anos, metade da humanidade não terá trabalho. E a coisa pode ficar feia, pode haver uma revolução. É por isso que estou aqui", diz ele em entrevista à BBC ao desembarcar armado com um fuzil em uma ilha próxima a Seattle, no noroeste americano, onde está criando um refúgio para se proteger caso a previsão se confirme.