Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 30 de junho de 2013

O mundo islâmico quer viver à sua maneira

islã
Durante séculos, o Ocidente chegava ao Oriente com intenções simples e claras: conquistar novas colônias e novos mercados. Como resultado, os conquistadores obtinham recursos naturais baratos e força de trabalho, o que os compensava pelos custos das suas campanhas militares. Desde os finais do século passado, a situação se alterou. Os contingentes militares regressam a países que já são independentes para alterar aquilo que não corresponde aos seus conceitos de mundo moderno: os regimes ditatoriais, a ausência de democracia, as violações dos direitos humanos e o terrorismo internacional.
 
A intenção é louvável. Mas os resultados práticos de todas as "guerras humanitárias" são decepcionantes. Para a manutenção das tropas se gastam somas colossais dos orçamentos dos países-benfeitores e as operações de pacificação dos descontentes demoram anos. As autoridades e a população dos países são ensinadas a viver de maneira diferente. Também aqui à sua custa. Mas tropas partem e volta a se estabelecer o modo de vida habitual com os seus métodos de governação autoritários e uma ativa continuação dos conflitos armados religiosos e étnicos. Talvez o problema não sejam os malfeitores individuais, mas as particularidades da consciência coletiva?

sábado, 29 de junho de 2013

Kerry cancela viagem aos Emirados Árabes para se centrar no impasse entre Israel e palestinos

Imagem: Newswhip
O chefe da diplomacia americana, John Kerry, cancelou a visita que faria neste sábado aos Emirados Árabes Unidos (EAU), para redobrar os esforços a fim de obter a retomada do processo de paz entre Isrel e os palestinos.

Kerry, que tinha agendado um jantar oficial em Abu Dhabi para hoje, passava o terceiro dia indo e vindo entre os líderes israelenses e o presidente palestino, Mahmud Abbas, em Amã.

O secretário de Estado fez de helicóptero o trajeto entre Jerusalém e Amã, onde se reuniu por duas horas com Abbas.

Em seguida, retornou a Jerusalém para conversar com o premier de Israel, Benjamin Netanyahu, que o recebeu à noite em um hotel da cidade, na companhia da ministra da Justiça, Tzipi Livni (responsável pelas negociações com os palestinos), do conselheiro de Segurança Nacional, Yaakov Amidror, e do enviado especial para o processo de paz, o advogado Yitzhak Molcho.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Senado estadunidense prepara sanções contra Rússia

©Voz da Rússia
O senador republicano Lindsey Graham declarou ontem que, se Moscou não extraditar o ex-agente da CIA Edward Snowden, a Rússia poderia ter problemas. "Presentemente, estamos averiguando as alavancas de pressão que possuimos. E vou sugerir várias medidas para mostrar aos russos o quão sérios somos," declarou Graham.

Declarações análogas têm sido feitas também por alguns democatas. Contudo, a maioria dos senadores não acha que o "caso Snowden" seja uma barreira séria para o progresso das relações bilaterais.

Voz da Rússia
DeOlhOnafigueira

Hostilidade entre Irã e Israel tem origem em traumas causados por outros países

Imagem: Dinamicaglobal
Nos anos 70, os dois países eram parceiros. Hoje são inimigos. Estudo afirma que a imagem que uma nação tem da outra é influenciada por traumas causados por terceiros, como o Holocausto e a interferência externa.

Recentemente Ali Khamenei, o principal líder religioso do Irã, ameaçou: Israel "é um cancro que cabe extirpar". Todo aquele que se encontre em luta com o "regime sionista" pode contar com o apoio de seu país, prometeu aquele que é também o comandante supremo das Forças Armadas iranianas.

Do outro lado, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, repete como um mantra a advertência: o país inimigo tem que parar de construir a bomba atômica, pois um Irã munido de armas nucleares seria uma ameaça à existência de Israel.

"Não permitirei que meu povo viva à sombra de um extermínio iminente", reforçou o chefe de governo. Em caso extremo, poderá até mesmo ser preciso defender-se através de um ataque preventivo.

Os judeus e as profecias do fim dos tempos

Imagem: RedeMaranatha
Estamos vivendo em tempos instigantes em que presenciamos os cumprimentos das profecias Bíblicas. Muitas dessas profecias são relacionadas ao povo e nação judaica.

Abaixo está um resumo das profecias acerca dos judeus que estão sendo cumpridas hoje e as que ainda serão, bem como o que deve aguardar a Igreja de Cristo.

Vejamos:

Profecias cumpridas 
1. O povo judeu terá descrédito pelos quatro cantos da terra (Isaías 11:11-12). Cumprido: Século XX e continua.
2. O estado de Israel será reestabelecido (Isaías 66:7-8 & Ezequiel 37:21-22). Cumprido: 14 de Maio, 1948.
3. Os judeus reocuparão a cidade de Jerusalém (Zacarias 8:4-8). Cumprido: 7 de junho, 1967.
4. A terra de Israel será recuperada da sua desolação, sendo novamente uma terra de abundância na agricultura (Ezequiel 36:34-35). Cumprido: Século XX e continua hoje. 
5. O idioma hebraico será restaurado (Sofonias 3:9). Cumprido: Séculos XIX e XX. 
6. Todas as nações da terra se unirão contra Israel por razão de controle Israelense (Zacarias 12:1-3). Cumprido: Acontecendo atualmente.

Netanyahu e Kerry conversam em Jerusalém sobre processo de paz

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, teve uma longa reunião nesta quinta-feira em Jerusalém com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, que continua se esforçando para relançar as negociações de paz entre palestinos e israelenses.

O chefe do governo israelense e John Kerry conversaram a portas fechadas por quase quatro horas em um "jantar de trabalho", em um grande hotel de Jerusalém Ocidental. Nenhum detalhe da reunião foi divulgado. Essa é a quinta viagem de Kerry pela região desde que assumiu o cargo em fevereiro.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Líderes israelenses e palestinos não têm apoio popular para alcançar paz

Apesar de nenhum dos lados conseguir fazer concessões mínimas, EUA acreditam que entendimento é possível

O presidente de Israel, Shimon Peres, complentou 90 anos na semana passada. Vieram do exterior variadas personalidades. Tony Blair (1997-2007), um dos mais brilhantes chefes de governo britânico, lembrou em discurso a Peres: "Nós que fomos dirigentes de países aprendemos que as guerras, sejam quais forem os resultados, são sempre um erro. Na Europa, estamos cansados e não queremos mais guerra. Inclusive a questão do Irã pode, e deve, ser resolvida por meios político-diplomáticos."

 
Presidente de Israel, Shimon Peres (C), é visto com o ex-líder dos EUA Bill Clinton (E) e o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, em celebração de aniversário (19/06)

Já o ex-presidente americano Bill Clinton (1993-2001) teorizou sobre o conflito local: "Questão palestina só pode ter solução pacífica e diplomática, partindo da premissa de que devem existir dois Estados no mesmo local, um judeu, outro árabe-palestino." Ele afirmou também que o maior erro a ser cometido seria Israel ignorar esse fato e resolvê-lo com um estado binacional.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Coreia do Norte está preparando mais um teste nuclear

Coreia do Norte, Coreia do Sul

Novas imagens de satélite indicam sobre a realização de obras subterrâneas no polígono Punggye-ri no nordeste da Coreia do Norte, informaram os peritos do instituto americano-coreano John Hopkins.

A mensagem diz que talvez se trate da construção de um novo túnel para testes nucleares ou da reparação de um já existente, mas segundo os peritos, tal atividade indica que os testes vão ser realizados em um futuro próximo.

A Coreia do Norte realizou o terceiro teste nuclear em fevereiro de 2013 depois do qual Pyongyang anunciou os seus planos de continuar realizando testes no futuro.
 
Voz da Rússia
DeOlhOnafigueira

Líderes israelense e palestino estão em negociação séria, diz Kerry

Secretário de Estado dos EUA reconheceu que progresso será difícil.
Conversas entre os dois lados tinham sido interrompidas em 2010.
 
Foto mostra a superlua em parte do território da Cisjordânia ocupada por Israel. (Foto: Menahem Kahana/AFP)
 Foto mostra a superlua em parte do território da Cisjordânia ocupada por Israel. (Foto: Menahem Kahana/AFP)
Líderes israelenses e palestinos estão ambos empenhados em reviver as negociações de paz, disse o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, nesta quarta-feira (26), que reconheceu que um progresso nas negociações será difícil.

As conversas entre israelenses e palestinos foram interrompidas no final de 2010 por uma disputa sobre a construção de assentamentos judaicos em áreas da Cisjordânia ocupada que os palestinos querem como parte de seu futuro Estado.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Evangelho de Barnabé opõe fé cristã e islâmica sobre história de Jesus

Polêmico texto apócrifo mostra ponto de vista islâmico sobre Cristo

Os evangelhos apócrifos ocupam um lugar à margem da história cristã. Além das 27 escrituras do Novo Testamento, a Igreja Católica rejeita os textos que versam sobre a vida de Jesus. Entre os mais conhecidos, estão os evangelhos de Tomé, Tadeu, André, Nicodemos, Judas e Barnabé.

De vez em quando, um deles volta à tona. Após o livro Código Da Vinci, de Dan Brown, de 2003, só se falava no texto atribuído a Judas. Recentemente, foi a vez de Barnabé ganhar destaque, depois de uma agência de notícias iraniana ter anunciado, com estardalhaço, que um documento encontrado na Turquia destruiria a base da crença cristã. (veja: Bíblia antiga é descoberta e preocupa Vaticano. O livro diz que Jesus ascendeu vivo ao céu, sem ter sido crucificado).

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Israel responde a rockets de Gaza com ataques aéreos

Não há informação de baixas. Ataques interromperam calma relativa das últimas semanas.

Passagem de Kerem Shalom, entre Israel e Gaza, foi encerrado
Força Aérea israelita atacou a Faixa de Gaza, durante a noite de domingo para segunda-feira, depois de terem sido disparados rockets contra o Sul de Israel.

A informação foi confirmada por fontes israelitas e palestinianas. Não há notícia de baixas. Os ataques interromperam a calma relativa das últimas semanas.

“Em resposta a numerosos ataques de rockets nas últimas horas, um aparelho da Força Aérea israelita alvejou dois paióis de armas no centro da Faixa de Gaza e uma rampa de lançamento de rockets no sul da Faixa de Gaza. Os alvos foram atingidos”, indica um comunicado das Forças Armadas.

Os raides atingiram zonas desabitadas e não fizeram feridos, disseram testemunhas palestinianas.

domingo, 23 de junho de 2013

Illuminati. Quem são? O que pretendem?


As várias teorias conspiratórias fazem menção de uma sociedade secreta que manipula os acontecimentos do mundo. Indepedente de sabermos que algumas dessas teorias são descabidas, uma coisa é certa, de fato uma liderança mundial, em oculto, tem um cronograma de ações para implantar uma Nova Ordem Mundial (NOM), tudo, obviamente, permissivo pelo Senhor para cumprimento das profecias. O cenário está sendo montado para o surgimento do Anticristo e, por conseguinte, antecedendo a esse fato, o arrebatamento da Igreja de Cristo.

Pois bem. Quando nos referimos a tal sociedade secreta, citamos os Illuminati como os principais vilões, cuja responsabilidade é preparar o caminho para o surgimento do Anticristo. Mas quem são os Illuminatis?


Representantes dos Amigos da Síria decidem reforçar ajuda à oposição

Decisão equilibraria as forças no terreno antes da conferência de paz em Genebra

John Kerry (de preto), secretário de Estado dos Estados Unidos, fala durante encontro dos Amigos da Síria em Doha, neste sábado (22) onde a questão do conflito sírio foi discutida Mohammed Dabbous/REUTERS
Os principais países que apoiam a oposição síria decidiram neste sábado (22) reforçar a ajuda aos rebeldes para equilibrar as forças no terreno antes da conferência de paz em Genebra, sem chegar a um consenso sobre o fornecimento de armas.

Reunidos em Doha, os onze países amigos da Síria, incluindo França, Estados Unidos e Grã-Bretanha, anunciaram a decisão de enviar "uma ajuda emergencial em material e equipamentos" à rebelião a fim de permitir que se defendam dos "ataques brutais do regime".

Eles indicaram em um comunicado após a reunião, que "toda a ajuda militar será canalizada" pelo Alto Conselho Militar Sírio do Exército Sírio Livre (ESL), principal facção da oposição armada.


Os Amigos da Síria "exigiram" ainda que os "iranianos e o Hezbollah cessem de intervir no conflito sírio".

Hamas executa dois palestinos acusados de colaboração com Israel

Eles foram julgados por tribunal militar por ajudar serviços israelenses. Os dois homens foram enforcados diante de facções palestinas.
 
O governo do movimento islamita Hamas executou dois palestinos residentes na Faixa de Gaza sob a acusação de colaborarem com Israel, informou neste sábado (22) o Ministério do Interior.

Os dois palestinos, de 43 e 49 anos, foram condenados à pena capital após serem julgados perante um tribunal militar por terem colaborado com os serviços secretos israelenses durante uma década.

Segundo a acusação, os dois passaram a Israel informações sobre instalações e bases dos serviços de segurança palestinos em Gaza, sedes governamentais e fábricas de armamento, que foram depois destruídas pelo exército israelense.

sábado, 22 de junho de 2013

Agora é a GCHQ: Espionagens britânicas são piores que dos EUA, diz ex-agente da CIA

A agência de serviços secretos britânicos, Government Communications Headquarters (GCHQ), processa dados obtidos por meio de acesso à rede de cabos de internet e telefone mundiais, segundo os documentos revelados ao jornal The Gardian por Edward Snowden, que acusa a agência britânica de ser "pior" do que a americana.

De acordo com esses documentos apresentados pelo ex-consultor da Agência de Segurança Nacional (NSA), que foi acusado de espionagem pelos Estados Unidos, processa grandes quantidades de dados privados, que são compartilhados com a NSA.

O GCHQ pode armazenar por um período de até 30 dias os dados obtidos por meio de redes de cabos de fibra óptica, a fim de analisá-los no quadro de uma operação chamada "Tempora", que começou há 18 meses, indicou o jornal neste sábado.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Por causa dos protestos, ABIN monta rede para monitorar internet

 
E a Regra de 3 deu certo...
Criaram o problema;
Reagiram;
Agora apresentam uma solução "às pressas"...

Sem detectar as manifestações combinadas pelas redes sociais e que hoje terão como alvo o Palácio do Planalto, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) montou às pressas uma operação para monitorar a internet. O governo destacou oficiais de inteligência para acompanhar, por meio do Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp, a movimentação dos manifestantes. A agência avalia que as tradicionais pastas do governo que tratavam de articulação com a sociedade civil perderam a interlocução com as lideranças sociais.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Protestos no Brasil, Turquia e outros países compartilham símbolos

A linguagem e o fuso horário mudam, mas, da Turquia ao Brasil, passando pela Bulgária, o simbolismo dos protestos está cada vez mais parecido.
 
As máscaras do personagem de quadrinhos inspirado no revolucionário inglês Guy Fawkes e popularizada pelo filme V de Vingança, os capacetes improvisados para enfrentar o gás lacrimogêneo, os cartazes escritos à mão - em desafio ao poder do Estado e à uniformidade do velho comportamento - podem ser vistos em várias cidades.

Além disso, há também a juventude dos manifestantes.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Termina na China reunião internacional sobre paz Israel-Palestina

A China fez um chamado nesta quarta-feira (19) a que se busque uma solução gradual e pragmática a fim de alcançar resultados tangíveis no complexo processo de paz entre Israel e a Palestina, durante uma reunião internacional promovida pelas Nações Unidas em Pequim. 

Este encontro anual da ONU para promover a paz entre Israel e a Palestina terminou nesta quarta na China, que o organizou pela primeira vez, com a presença de 50 países e organizações internacionais.