Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Evo Morales pretende criminalizar o evangelismo na Bolívia

O novo Código Penal prevê 7 a 12 anos de prisão para quem incentivar pessoas a participarem de organizações religiosas ou de culto.

https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840x500/smart/https://media.guiame.com.br/archives/2018/01/10/214687370-evo-morales.jpg
O presidente Evo Morales pretende criminalizar o evangelismo na Bolívia. (Foto: Handout/Reuters)
Líderes evangélicos estão pedindo a anulação do novo Código do Sistema Penal da Bolívia, que pretende criminalizar a evangelização no país. O artigo 88 prevê 7 a 12 anos de prisão para quem incentivar pessoas a participarem de organizações religiosas ou de culto.

“Será sancionado com prisão de sete (7) a doze (12) anos e reparo financeiro a pessoa que, por ele próprio ou por terceiros, capture, transporte, transfira, prive de liberdade, acolha ou receba pessoas com o fim de fazer o recrutamento de pessoas para sua participação em conflitos armados ou organizações religiosas ou de culto”, diz o texto do novo Código Penal.

Sinais do fim: Calor extremo atinge Austrália atingindo temperaturas de até 47.3º

https://scontent.fbhz1-1.fna.fbcdn.net/v/t31.0-8/26198546_1411110799034712_8699631176903591800_o.jpg?oh=4dbf1d442dcef2ed2ac79e8777cbb766&oe=5AE90742
Morcegos foram fritados pela onda de calor na Austrália. Imagem: facebook
Sabemos que existem pessoas - algumas em posições surpreendentemente altas de poder - que se recusam a reconhecer que, climaticamente, o mundo não está em um bom lugar. No entanto, 2018 tem apenas duas semanas de idade e já está a ponto de ser apocalíptico.

Tivemos um sistema de clima frio que resultou em absurdos, como o congelamento do Niagara Falls, tubarões congelados nas praias e iguanas congeladas caindo de árvores na Flórida. Agora, na outra extremidade do espectro, do outro lado do mundo, a Austrália está vivendo uma onda de calor tão extrema que morcegos "cozidos" estão caindo no céu.

Demolição de igreja na China causa temor de perseguição religiosa

É o segundo templo derrubado em menos de um mês

https://abrilveja.files.wordpress.com/2018/01/igreja-golden-lampstand-church-demolida.jpg?quality=70&strip=info&w=1000&h=666&crop=1
A Igreja Golden Lampstand, na China, é a segunda demolida em menos de um mês, o que causou medo entre os fiéis cristãos, à medida que as autoridades possam estar preparando impor novas leis sobre a religião (China/Reprodução)

A demolição de mais uma igreja no norte da China acentuou o temor de uma possível perseguição aos cristãos por parte do governo. É o segundo templo destruído em menos de mês.

A igreja Golden Lampstand ficava em Linfen, cidade localizada na província de Shanxi. De acordo com testemunhas e o pastor da igreja, que conversaram com o jornal britânico The Guardian, a construção foi derrubada com uma série de explosivos no último domingo. Após a demolição do prédio, a equipe destruiu as peças restantes.

Israel impediu dezenas de grandes ataques terroristas com aviões na Europa

https://3.bp.blogspot.com/-TX0sFiVpcTc/Wldmd8Fh6dI/AAAAAAAARAQ/a5xyXDSbd2wCBHcdgkdvL1GKWU9yKYWGACLcBGAs/s400/Bibi%2Bno%2BKing%2BDavid.jpg
Numa reunião realizada na passada Terça-Feira com um grupo de embaixadores de vários países da NATO - "Organização do Tratado Atlântico Norte (OTAN)" - o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu deu-lhes conhecimento de que os serviços secretos de Israel conseguiram impedir "várias dezenas de grandes ataques terroristas" contra cidades europeias, incluindo alguns do tipo do "11 de Setembro" envolvendo a aviação civil. 

"Quando falamos acerca do Estado Islâmico é importante entender que Israel ajuda a Europa de duas formas fundamentais: a primeira é que temos através dos nossos serviços secretos fornecido informação que impediu a prossecução de várias dezenas de grandes ataques terroristas, muitos deles em países europeus. Alguns destes poderiam ter sido grandes massacres da pior espécie que o solo europeu jamais experimentou, e ainda pior, porque envolveriam a aviação civil. Israel conseguiu impedir isso, ajudando dessa forma a salvar inúmeras vidas de europeus" - informou o primeiro-ministro, sem contudo especificar detalhes.

Segundo Netanyahu, a segunda forma é o facto de Israel ser uma força poderosa no combate ao terrorismo global nas suas próprias fronteiras, precisamente na fronteira Sul, na península egípcia do Sinai.

sábado, 6 de janeiro de 2018

Oceano desaparece do Equador: Fenômeno natural ou algo está acontecendo?

Habitantes da localidade de Santa Rosa, na subdivisão Salinas da província de Santa Elena, e Bahía de Caráquez, em Manabi, todos na costa do Pacífico do Equador, ficaram alarmados no momento em que o mar recuou a mais de 100 metros da costa, informa Actualidad.RT

https://2.bp.blogspot.com/-FCYKrffI5aU/WlBdb8WBuxI/AAAAAAAATrY/2JhfafshGWwcTNISWV8NnkpHl5v8V85GACLcBGAs/s640/ocean%2Bdisappears%2BEcuador%2B2018%2B%25281%2529.jpg
Imagem de crédito: David Lainez / Twitter .
Várias fotografias do fenômeno circularam nas redes sociais, que os usuários associaram ao que ocorre antes de um tsunami.

No entanto, o Instituto Oceanográfico da Marinha (Inocar) excluiu que fosse um tsunami. Em um comunicado, eles explicaram que até sexta-feira, 5 de janeiro, haverá marés de sicigia ou aguajes, e que foi precisamente isso que causou a retirada do mar.

De 2 a 5 de janeiro de 2018, houve um nível máximo de água que também coincide com o periélio (quando a Terra está mais próxima do Sol).

Essa coincidência, além dos fatores oceanográficos e atmosféricos que contribuíram para a diminuição do nível do mar, causou nestes dias em alguns setores da costa um recolhimento do mar, que não é comum.

https://2.bp.blogspot.com/-NhlooXVTZwI/WlBdi2zIBhI/AAAAAAAATrc/X9y7VDGcT0kIw7ySQkY774kgRDliNsrYgCLcBGAs/s640/ocean%2Bdisappears%2BEcuador%2B2018%2B%25282%2529.jpg
Imagem de crédito: Noticiero 24 Horas .
Mas seria este realmente um fenômeno causado como resultado da Terra estar mais perto do sol?

E quanto a toda a água do oceano que desapareceu misteriosamente das praias no ano passado no Brasil, nas Bahamas, no Uruguai, no México, e também a água em muitos lagos e rios, como o Mississippi, lago da Geórgia, PA Lake que de repente desapareceu,
ainda que existam os muitos sumidouros, rachaduras e deslizadores de terra em todo o país.
 https://1.bp.blogspot.com/-DYNCPDzloR0/WlBdrzQygII/AAAAAAAATrg/QFxPCfR4J8A9c85ZELQGl_RSfSlxauKsACLcBGAs/s640/ocean%2Bdisappears%2BEcuador%2B2018%2B%25283%2529.jpg

A água nos oceanos, lagos e rios simplesmente não desaparecem, a menos que algo esteja acontecendo, e não estão nos contando a verdade sobre esse “fenômeno”. 

Ufosightingshotspot.blogspot
DeOlhOnafigueira

Liga Árabe prepara ofensiva diplomática em defesa da Palestina

https://cdnbr1.img.sputniknews.com/images/83/31/833118.jpg
© REUTERS/ Mohamed El-Shahed/Pool
Os Estados árabes preparam uma ofensiva diplomática para que a Organização das Nações Unidas (ONU) reconheça Jerusalém Oriental como capital da Palestina e as fronteiras de 1967, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Jordânia, Ayman Safadi.
 
Os chanceleres de Egito, Marrocos, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Palestina e Jordânia reuniram-se em Omã para discutir a questão e lideram a resistência da Liga Árabe à decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Líder islâmico pede “jihad mundial” e uso de bomba nuclear para “recuperar Jerusalém”

Religioso pede guerra contra Israel e os Estados Unidos

https://imagens.publicocdn.com/imagens.aspx/950050?tp=UH&db=IMAGENS&w=823
Imagem: Publico.pt
O líder islâmico paquistanês Hafiz Saeed, líder da Jamaat-Ud-Dawah [Organização da pregação], convocou todas as nações islâmicas para iniciarem uma “Jihad global” contra os Estados Unidos e Israel.
 
Durante uma reunião que atraiu centenas de ativistas islâmicos no centro de eventos Istanbul Chowk na capital Lahore, ele discursou contra o anúncio do presidente Donald Trump em reconhecer Jerusalém como a capital de Israel.

Sabidamente, a organização de Saeed é uma fachada para o grupo militante Lashkar-e-Taiba [Exército dos Justos], uma das maiores e mais ativas organizações terroristas do sul da Ásia.

Por isso, chama atenção sua declaração. “O dia que Jerusalém se tornar de fato a capital de Israel, será lançada uma jihad. O general Qamar Bajwa, o primeiro-ministro Shahid Khaqan Abbasi e todos os líderes paquistaneses precisam se unir. A bomba atômica do Paquistão é um patrimônio do islamismo, que deveria ser usada para libertar Jerusalém. Este é o meu anúncio”, afirmou.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

O retorno do Nordeste brasileiro ao judaísmo

Séculos depois da Inquisição e da conversão forçada dos cristãos-novos, nordestinos buscam suas raízes

http://www.nationalgeographicbrasil.com/sites/brazil/files/styles/image_885/public/SinagogaMartinsJunior0267.jpg
O som do chifre de carneiro, o shofar, pontua, na Sinagoga Israelita do Recife, o rito dos bnei anussim – como são chamados os descendentes dos judeus convertidos ao cristianismo na Espanha e em Portugal nos séculos 15 e 16.
Foto de Felipe Goifman
A terra seca do agreste já não vê água há anos. Quando chove um pouco, verdeja, os pássaros cantam, as árvores revivem e, como por um milagre, o judaísmo também renasce nas vozes comovidas dos presentes, com toda a força ancestral. Na maior parte das vezes, os bnei anussim aprendem sozinhos o significado das palavras e das rezas hebraicas, com o auxílio da internet, e têm uma vida judaica tão profunda e verdadeira quanto muitos dos judeus dos centros urbanos. No entanto, vivem aprisionados entre dois mundos. O seu direito de retorno ao judaísmo está sendo discutido no Knesset, o Parlamento israelense. 

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Judeus inauguram sala de oração no subterrâneo do “Santo dos Santos”

Parte dos túneis subterrâneos do Muro das Lamentações foram reformados

https://k6s3v6r4.ssl.hwcdn.net/albums/667x397/112357.jpg
Nesta segunda-feira (18), judeus praticantes de todo mundo acenderam a sétima vela de Chanuká. A cerimônia no Muro das Lamentações foi realizada pelo rabino-chefe de Jerusalém, Aryeh Stern, e por Eli Groner, diretor-geral do gabinete do primeiro-ministro.

Imediatamente após as velas serem acesas, uma nova sinagoga foi inaugurada nos túneis que ficam nos subterrâneos do Muro. A nova sala de oração é o resultado de 12 anos de trabalho de construção e de preservação arqueológica. O objetivo era oferecer conforto e, ao mesmo tempo, preservar a impressionante caverna onde ficam os túneis.

A sinagoga está localizada em frente à “Grande Pedra”, mais de 30 metros abaixo do local em que se acredita ficar o Santo dos Santos no Templo judeu.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Estados Unidos vetam resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre Jerusalém

https://cdn-images.rtp.pt/icm/noticias/images/c3/c3af811c8ed94e31f7d65aaa01285f73?860&rect=0,93,1500,822&w=860
 
Os Estados Unidos vetaram hoje uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas que condenava o reconhecimento de Jerusalém como a capital do estado de Israel.

O voto acontece duas semanas depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter decidido reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. Os EUA foram o único país do Conselho de Segurança, com 15 membros, a votar contra.

A resolução foi introduzida pelo Egito, que ocupa uma posição não permanente no organismo, e evitava referências diretas aos EUA, dizendo apenas que os estados membros "lamentam profundamente decisões recentes relativas ao estatuto de Jerusalém."

"Quaisquer decisões e ações com intenção de alterar o caráter, estatuto ou composição demográfica da Cidade Sagrada de Jerusalém não têm efeito legal, são nulas, vazias e têm de ser rescindidas para ficar em conformidade com as resoluções relevantes do Conselho de Segurança", lia-se no documento.