Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Só num único dia, a ONU aprova 9 resoluções de condenação a Israel

http://www.ultimosacontecimentos.com.br/static_img/264689/resize-500x325_1-1906.jpgDesde há muito que Israel se habituou aos desmandos de uma mais que desacreditada e corrompida ONU, cada vez mais enlameada com decisões e resoluções que apontam numa única direção - Israel - negligenciando por completo outros países verdadeiramente fomentadores e promotores do terrorismo e do desrespeito pelos direitos humanos.
 
Ontem mesmo, uma comissão especial da Assembleia Geral da ONU, votou a favor de 9 resoluções que atacam a nação de Israel - sem uma única menção aos restantes países do mundo...
 
As resoluções foram passadas em rápida sucessão pela denominada "quarta comissão" da Assembleia Geral, também conhecida como "Comissão Política Especial para a Descolonização."
 
O tema principal das condenações é a questão palestiniana. Como sempre. Não só esta comissão é a grande sustentadora da comissão para os "refugiados palestinos" e seus descendentes criada em 1948, como também opera a "Comissão especial para investigação das práticas israelitas afetando os direitos humanos do povo palestino e outros árabes dos territórios ocupados" - uma comissão criada em 1968 pela então União Soviética e seus aliados árabes.
 

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Rabino alerta: “A Batalha Final pode ocorrer em breve”

https://cdn.images.dailystar.co.uk/dynamic/33/photos/995000/bible-prophecy-israel-rabbi-holy-war-end-of-days-gaza-iran-syria-gog-and-magog-1496995.png?r=5beaa05268f9f
Rabino Pinchas Winston
Um rabino  alertou que uma "guerra bíblica" está se aproximando de Israel e anunciará o fim dos dias em meio a novos confrontos na Faixa de Gaza e a tensão com o Irã e a Síria. 

O Rabino Pinchas Winston - um prolífico pessimista que escreveu 50 livros - advertiu que a terra santa está enfrentando uma guerra devastadora que pode ser a "batalha final".  Ele alertou que a Força de Defesa de Israel deve se preparar para uma guerra horrível que pode ocorrer a qualquer momento.  

Isto ocorre em meio a novos confrontos entre israelenses e palestinos na Faixa de Gaza - com ambos os lados trocando fogo.  E Israel continua em desacordo com o Irã sobre a presença da República Islâmica na Síria.   

O estudioso alertou que o próximo grande conflito na região pode ser a guerra que leva ao fim dos tempos - conhecida como a Guerra de Gogue e Magogue.

O rabino Winston disse que até mesmo pequenos conflitos - mencionando os confrontos em curso em Gaza - poderiam desencadear a guerra bíblica que completaria a profecia dos dias finais e desencadearia a chegada do Messias judeu.
 

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Fim do mundo é previsto em meio a apelos judeus para construção de 3º Templo de Jerusalém

Teóricos da conspiração bíblica alertaram que a construção de um Terceiro Templo de Jerusalém, à qual ativistas religiosos vêm recentemente apelando, significaria o iminente retorno de Jesus Cristo, relata o DailyStar.

https://cdnbr2.img.sputniknews.com/images/914/76/9147603.jpg
© AFP 2018 / Mladen Antonov
Os dois primeiro Templos de Israel já não existem há séculos, tendo sido destruídos por babilônios e, posteriormente, por romanos.

Segundo ensinos religiosos judaicos, o Templo será erguido pela terceira vez marcando a chegada do Messias e do Juízo Final.

Os receios do Armagedom foram causados na semana passada por uma comunidade poderosa de rabinos conhecida como Sanhedrin. Frente às próximas eleições, seus membros escreveram uma carta a dois candidatos a prefeito, pedindo para finalmente reconstruir o santuário no Monte do Templo em Jerusalém.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Sinais do fim: Astrofísicos de Harvard suspeitam que 'visitante' interestelar seja espaçonave extraterrestre

https://www.nasa.gov/sites/default/files/styles/side_image/public/thumbnails/image/oumuamua-800.gif?itok=elaAQAlL
Imagem: https://www.nasa.gov
No ano passado, a comunidade científica ficou maravilhada com o aparecimento de uma estranha rocha alongada e inesperada que surgira no nosso sistema solar, 'Oumuamua'.

Naquela época, os cientistas não podiam determinar o que era, seja um cometa ou um asteroide, ou se era uma espaçonave alienígena danificada, como disseram alguns pesquisadores. No entanto, o mistério continuou até agora.  

Agora, um novo estudo científico da prestigiosa Universidade de Harvard de astrofísica, o Dr. Shmuel Bialy e Dr. Abraham Loeb, oferece hipótese surpreendente: 'Oumuamua' poderia ter sido um misterioso artefato, um pedaço de uma tecnologia real e que pertence a uma civilização interestelar. 

Esta não é mais uma simples especulação infundada, é apoiada por um estudo científico conduzido por dois respeitados cientistas. Os autores deste estudo científico começaram com uma ideia simples: e se a pressão da radiação solar causou a aceleração inesperada de Oumunanua? Parece bastante razoável.

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Bolsonaro diz que Brasil transferirá embaixada de Tel Aviv para Jerusalém


Bolsonaro não descarta mudar embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém
Bolsonaro não descarta mudar embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém
O recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, confirmou ao jornal "Israel Hayom" que transferirá a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém. Depois, publicou no Twitter uma mensagem com a mesma informação (veja mais abaixo).

Ele também adotou uma postura dura com a Palestina, dizendo que não a reconhece como um país.

Bolsonaro afirmou que sua ideia de mudar o endereço da embaixada brasileira em Israel- seguindo os passos dos Estados Unidos e da Guatemala - não era só promessa de campanha.

"Israel é um Estado soberano. Se os senhores decidirem qual é a sua capital, nós os seguiremos. Quando me perguntaram durante a campanha se transferiria a embaixada se fosse eleito presidente, respondi sim. Vocês decidem sobre a capital de Israel, não outros povos", declarou em entrevista telefônica concedida ao jornal conservador. 


segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Bolsonaro pode influenciar na construção do Terceiro Templo, dizem rabinos de Israel

O rabino Hillel Weiss vê uma conexão entre a América do Sul e o Terceiro Templo na profecia bíblica.
https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840x500/right/smart/https://media.guiame.com.br/archives/2018/10/29/910846365-jair-bolsonaro-em-israel.jpg
Jair Bolsonaro, eleito novo presidente do Brasil, durante viagem a Israel. (Foto: Reprodução)
A eleição do novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pode abrir caminho para a futura construção do Terceiro Templo, de acordo com a visão de alguns rabinos israelenses.

Em sua campanha eleitoral, Bolsonaro elogiou abertamente o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Semelhantemente ao líder americano, ele prometeu que irá transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

Os líderes também concordam no posicionamento em relação à Palestina. Assim como a administração Trump anunciou o fechamento do escritório da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em Washington, Bolsonaro pretende fechar a embaixada da Palestina em Brasília.

A eleição de Bolsonaro sinaliza uma mudança nas relações entre Brasil e Israel que podem estar não apenas no campo político, mas também espiritual. Segundo o rabino Hillel Weiss, uma conexão entre a América do Sul e o Terceiro Templo aparece na profecia bíblica.

sábado, 27 de outubro de 2018

Algo grande a caminho da Terra? Líderes russos reagem com alarme à explicação sobre o aumento do orçamento de defesa planetária dos EUA

[Imagem: grande-cometa.png?w=743]
Grande cometa de 1811 pode ter causado inúmeros terremotos
Um novo relatório do Conselho de Segurança circulando (24/10) no Kremlin mostra líderes russos reagindo alarmados depois que o assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, enviou uma mensagem gravada em vídeo ao presidente Putin, explicando porque ele repentinamente mais do que dobrou o orçamento de seu governo. O Escritório de Coordenação de Defesa Planetária (de sigla em inglês, PDCO) da nação – sendo explicado por Trump que esse aumento maciço do orçamento foi em resposta à aparição histórica em nosso sistema solar do Cometa 46P / Wirtanen, cujos efeitos os americanos atribuem a uma série de terremotos poderosos que ocorreram na costa oeste do Canadá há poucos dias – fazendo com que Putin concordasse em se reunir com Trump em 11 de novembro, junto com especialistas científicos, preparando-se para visitar Washington DC para se encontrar com seus pares da NASA.

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Macron avisa que anunciará seu próprio plano de paz se Trump demorar

https://metrouk2.files.wordpress.com/2018/04/sei_9018548.jpg?w=964&h=669&crop=1
Imagem: https://metrouk2.files.wordpress.com
Se o presidente dos EUA, Donald Trump, não mostrar seu plano de paz nas próximas semanas, o presidente francês Emmanuel Macron apresentará sua própria versão.

O Diretor Político do Ministério das Relações Exteriores, Alon Ushpiz, disse no início da semana que a Casa Branca não falará sobre os termos da proposta antes do final de novembro, quando tiver encerrado o período eleitoral americano. A promessa é que estaria tudo pronto até dezembro.

O anúncio de que a França também elaborou um acordo de paz foi feito em uma reunião secreta do Comitê de Assuntos Exteriores e Segurança de Israel. Segundo as emissoras israelenses canais 2 e 10, existe uma certa pressa para que o assunto seja retomado, uma vez que há anos espera-se uma retomada nas negociações.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

PERSEGUIÇÃO: Autoridades chinesas fecham seis igrejas secretas

https://www.portasabertas.org.br/media/noticias/Outubro/China_chuch-crosses-b.jpg
Igrejas na China na mira do governo: um motivo de oração
Os fechamentos ocorreram na província de Guizhou, no sudoeste da China. No dia 8 de outubro, as igrejas em Guiyang foram fechadas por serem consideradas “locais religiosos ilegais”. “Igrejas não registradas da região estão sendo pressionadas pelas autoridades a se unir à igreja sancionada pelo governo, o Movimento Patriótico das Três Naturezas”, diz a organização de direitos humanos Christian Solidarity Worldwide (CSW).

Trump reconhecerá Jerusalém também como capital da “Palestina”?

Crescente preocupação em Israel de que Trump poderá incluir “Jerusalém Oriental” como capital do Estado palestino em proposta de paz.
 https://4.bp.blogspot.com/-8rJVkt3YYmo/W8xPdjyw6tI/AAAAAAAAkCA/dNepNvaCYZ8sOqz_TSRfQgS93Jbz3pgkQCLcBGAs/s640/Trump%2Be%2BIsrael.JPG
 
Uma importante fonte política israelense avalia para um jornalista do jornal Yediot Aharonot que, se os resultados das eleições nos Estados Unidos levarem a um enfraquecimento do Partido Republicano, a pressão sobre o presidente dos EUA Donald Trump para chegar a um acordo político entre Israel e a Autoridade Palestina aumentará.

A preocupação israelense, diz ele, inclui a possibilidade de que Jerusalém seja incluída na proposta política americana. Isso poderá significar definir “Jerusalém Oriental” como a capital de um futuro Estado palestino em paralelo ao reconhecimento já dado à “Jerusalém Ocidental” como a capital de Israel.