Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 21 de outubro de 2014

REFLEXÃO: O Cristo Patrono dos Espertalhões


Nasceu no Palácio de Herodes em Jerusalém, centro do poder judaico. Veio para o que era seu, e os seus o receberam, e com muitas pompas! 

Aos doze anos já discutia novas rotas comerciais e estratégias de conquista com os conselheiros reais. Seu primeiro milagre aconteceu num pomposo casamento na realeza. Transformou a água em suco de caju, não por haver faltado bebida na festa, mas apenas para dar uma gorjeta do seu poder. Poderia tê-la transformada em vinho, vodca, ou até whisky, se quisesse. Mas preferiu não escandalizar a ala mais conservadora e fundamentalista dos religiosos.

Aos 30 anos, foi batizado na piscina da cobertura do palácio, por um dos profetas badalados da época. Enquanto descia às águas, viu-se uma águia, símbolo de conquista, sobrevoar sua cabeça, e uma voz que bradou de algum lugar: Este é o cara! Vai e arrasa!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Estado Islâmico decreta que cristãos são seus maiores inimigos

Estado Islâmico decreta que cristãos são seus maiores inimigosA revista eletrônica Dabiq, publicada pelo Estado Islâmico (EI) para recrutar combatentes de todo o mundo, chega à sua quarta edição. Publicada em vários idiomas, vem se mostrando uma ferramenta útil para atrair ao conflito mais de 12 mil voluntários muçulmanos, de 74 nacionalidades diferentes. Não por acaso, a última de suas 12 páginas traz uma convocação aos simpatizantes de sua causa no mundo todo, para atacar os ocidentais “onde quer que eles possam ser encontrados”.
 
Na capa, os terroristas afirmam que os ataques da coalizão liderada pelos Estados Unidos são uma “cruzada falida” e que os muçulmanos acabarão vencendo. A imagem é de a bandeira negra do Estado Islâmico “implantada” (via Photoshop) no Vaticano.

No artigo “O regresso da escravidão antes da hora”, além de confirmar a escravização de milhares de mulheres e crianças yazidis, justifica essa atitude em relação à minoria curda, afirmando: “foram divididos entre os combatentes do Estado Islâmico conforme a sharia”.

Ao falar sobre a sua “vitória final”, os jihadistas dão um alerta aos “romanos”, termo genérico usado por eles para denominar a Civilização Ocidental. Explicam que sabem que chegarão a uma trégua quando se defrontarem com um inimigo comum, mas que o Ocidente romperá o acordo, assassinando um muçulmano.

Esse fato iniciará uma batalha, quando surgirá o Messias Islâmico (mahdi), e conquistarão de vez Constantinopla e Roma.

domingo, 19 de outubro de 2014

Estudo bíblico de Netanyahu enfatiza a ligação dos judeus à terra de Israel

Aquilo que infelizmente alguns líderes evangélicos teimam em não querer reconhecer, o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu reitera convictamente a partir do seu estudo das Escrituras (Antigo Testamento): o direito dos judeus à sua Terra, a terra da promessa, a Terra de Israel.
 
Essa teimosia de certos líderes evangélicos tem certamente mais a ver com problemas pessoais relacionados com a aceitação do plano de Deus para com os judeus e com Israel, ou talvez com uma interpretação da Bíblia "a la carte", ou  até com resquícios de anti-semitismo...
 
Felizmente, tal como eu, há milhões de cristãos sionistas que lêem a Bíblia de forma literal, interpretando as promessas de Deus para Israel como efetivas, nunca anuladas, nem passíveis de mudança - ou Deus deixaria de o ser.

Estudo bíblico regular dirigido por Netanyahu
Mais crente nas promessas de Deus do que alguns desses ditos "cristãos" ignorantes quanto a muito daquilo que a Bíblia ensina, o primeiro-ministro israelita tem estado a dirigir reuniões regulares de estudo bíblico no seu gabinete ministerial. 
 

Banco Mundial alerta: 'estamos perdendo batalha' contra o Ebola


Segundo o Banco Mundial, a epidemia de Ebola pode custar mais de 32 bilhões de dólares na África Ocidental até 2015
O presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, declarou nesta sexta-feira que "nós estamos perdendo a batalha" contra o vírus Ebola, por falta de solidariedade internacional.
Durante coletiva de imprensa na sede da OCDE, em Paris, Kim afirmou que "alguns países só estão preocupados com suas próprias fronteiras", o que é "muito preocupante".

Para ele, esses países "ainda não tomaram consciência da necessária solidariedade" internacional na luta contra o vírus que já matou mais de 4.500 pessoas.

As Nações Unidas consideram que cerca de US$ 1 bilhão sejam necessários para o combate eficaz à epidemia.

A ONU recebeu até agora 38,1% da ajuda requerida (US$ 377 milhões dos US$ 988 milhões solicitados), declarou nesta sexta-feira um porta-voz do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA na sigla em inglês). "É preciso adicionar 217 milhões de dólares prometidos, mas que ainda não entraram nas contas", destacou.

Um fundo especial da ONU chamado Trust Fund, criado para enfrentar esta emergência, dispõe apenas de 100.000 dólares dos US$ 20 milhões previstos. A quantia corresponde apenas à ajuda da Colômbia.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

De olho no céu: Chuva de meteoros nas noites de 21 e 22 de outubro

meteoroscaindo
Em 2014, a chuva de meteoros Orionids deverá atingir o pico entre 20 e 21 de outubro – durante a quase fase da Lua nova, o que irá tornar mais fácil para se ver o chuveiro para os observadores de ambos os hemisférios Norte e Sul.

A chuva de meteoros Orionids é uma das duas chuvas de meteoros associados com o Cometa Halley. 


Ele é chamado Orionids porque os meteoros parecem surgir ou irradiar desde a Constelação de Órion,o Caçador.
 
Os meteoros Orionids tendem a ser ativos todos os anos no mês de outubro, geralmente com um pico de queda em torno de 20 de outubro. No seu auge, as pessoas podem ver cerca de 20 meteoros por hora.

Conselho de Relações Internacionais: o Governo Global

 
“(...) Um grupo de bilionários criou o plano estratégico mais maquiavélico da história econômica mundial - inventaram a fórmula assim resumida ironicamente pela colunista Edith Kermit Roosevelt (neta de Theodore Roosevelt): ‘A melhor maneira de combater o comunismo seria uma Nova Ordem socialista governada por ‘especialistas como eles próprios’. Essa idéia espalhou-se como fogo entre os membros do CFR, Council on Foreign Relations, o poderoso think tank novaiorquino” (“Quem foi que inventou o Brasil?” Olavo de Carvalho, Zero Hora, 11 de junho de 2006).

Por Carlos I. S. Azambuja

O jornalista Daniel Estulin, em seu livro A Verdadeira História do Clube Bilderberg referiu-se também às atividades do CFR-Council of Foreign Relations (Conselho de Relações Internacionais) americano, que possui diversas sucursais: o Royal Institute of International Affairs do Reino Unido, os Institute of International Affairs do Canadá, Austrália, África do Sul, Índia e Holanda, e os Institute of Pacific Relations da China, Rússia e Japão.
 
Segundo Estulin, o CFRtem sua sede em Nova York, na Harold Pratt House, uma mansão de quatro andares na esquina da Park Avenue com a rua 68, que foi doada pela viúva do senhor Pratt, herdeira da fortuna da Standart Oil Rockefeller. O CFR compõe-se aproximadamente de três mil membros da elite do Poder americano. Seus maiores aportes financeiros são provenientes da Fundação Rockefeller, da Corporação Carnegie e da Fundação Ford.

Em meio a polêmica sobre gays, Vaticano tenta amenizar clima de disputa

Dom Odilo Scherer, que participa do Sínodo dos Bispos, garante que "não há briga entre conservadores e progressistas" na alta cúpula da Igreja Católica. Texto final do controverso relatório deve ser divulgado no sábado.
 

O Vaticano tenta desfazer o clima de disputa desencadeado pela reação contrária dos mais conservadores na alta cúpula da Igreja Católica a um relatório divulgado no início da semana, no qual, bispos sugerem que a Igreja poderia passar a aceitar casais do mesmo sexo e até mesmo a reconhecer seus "aspectos positivos".

Em declaração dada à Rádio Vaticano nesta quarta-feira (15/10), o arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, foi taxativo ao afirmar que a Igreja está unida e que não há uma briga entre conservadores e progressistas na alta cúpula. "Não existe uma divisão, duas bancadas", garantiu. O cardeal brasileiro participa da Terceira Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, que deu origem ao controverso relatório.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

OMS prevê até 10.000 infectados pelo ebola por semana na África


A apuração realizada, periodicamente, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que, atualmente, ocorrem mil contágios por semana nos três países mais afetados pela epidemia de ebola: Guiné, Libéria e Serra Leoa. Apesar de o “crescimento exponencial” temido pela organização no começo do mês de setembro não ter acontecido, o alerta não foi deixado de lado. Na realidade, Bruce Aylward, diretor-geral adjunto da OMS e coordenador das operações de luta contra o surto, afirmou terça-feira, em entrevista coletiva em Genebra, que em dezembro poderão ser registrados entre 5.000 e 10.000 contágios por semana. Esse seria o pico, seguido posteriormente por uma suposta redução drástica dos casos até, finalmente, ser possível controlar a epidemia.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Acordo Secreto Pode Condenar à Morte 160.000 Pessoas nas Mãos do ISIS

Tanques turcos observam o massacre em Kaboni sem intervir
Uma decisão secreta, aparentemente, tem sido tomada pelos Estados Unidos, Arábia Saudita, Turquia e até o Irã para deixarem a estratégica cidade curda síria de Kobane, na fronteira da Turquia com a Síria, cair frente aos combatentes do ISIS, colocando em risco a vida de cerca de 160.000 curdos sírios, conforme informação ao site WND de um especialista bem posicionado no Oriente Médio.
Ao deixarem Kobani cair nas mãos do ISIS, disse a fonte, houve um acordo "para se lidar com o ISIS mais tarde".
A aparente decisão visa diminuir a influência dos curdos na Síria e enfraquecer a perspectiva da criação de um Curdistão soberano, meta dos curdos não só na Síria, mas também na Turquia, no Irã e no Iraque.
"Trata-se de uma autêntica emboscada armada pelas costas de todo mundo", disse a fonte bem posicionada ao site WND.
O governo turco trouxe seus tanques até a fronteira da Turquia com a Síria, bem perto de Kobani, mas não enviou nenhuma das tropas para deterem o cerco do ISIS sobre a cidade curda.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Irã acusa Israel por violenta explosão ocorrida nas suas instalações nucleares

 
A enorme explosão que aparentemente devastou umas ultra-secretas instalações nucleares do Irã no início desta semana foi alegadamente provocada por uma "potência estrangeira." 

Citando diplomatas europeus, o jornal Al-Rai do Quwait identificou Israel como o responsável por detrás da explosão nas instalações militares de Parchin, a 30 kms de Teerã. 

"A explosão massiva que teve lugar esta semana (segunda-feira) nas instalações de Parchin não foi acidental, mas um ataque predeterminado de uma nação estrangeira" - relata o jornal.