Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Acontecimentos misteriosos. Explosões em instalações secretas de armas nucleares do Irã

https://images.jpost.com/image/upload/f_auto,fl_lossy/t_JD_ArticleMainImageFaceDetect/442667
Uma vista mostra pacotes ferroviários para contêineres com sal de hexafluoreto de urânio, matéria-prima para reatores nucleares, semelhante ao usado para o banco de baixo teor de urânio enriquecido (LEU) da IAEA
(crédito da foto: SHAMIL ZHUMATOV / REUTERS)
Três incidentes misteriosos, ligados por explosões – pelo menos dois deles em instalações secretas de armas nucleares – abalaram o Irã na semana passada. Todos os três foram relatados pela mídia iraniana com várias desculpas sobre como eles são menos graves do que parecem, que estão sendo investigados e que não há uma grande história para contar.

Em 25 de junho, uma explosão maciça, vista a muitos quilômetros de distância em Teerã, incendiou uma encosta perto de um complexo de mísseis em Khojir. Em 30 de junho, um centro médico sofreu um incêndio em Teerã, matando pelo menos 18 pessoas. E em 2 de julho, um incidente nas instalações de enriquecimento de Natanz, no Irã, foi mencionado pela mídia oficial do país, sem elaboração. As autoridades alegaram que apenas um galpão foi danificado. Em cada caso, as autoridades pareciam tentar se antecipar à história, ofuscando a seriedade do incidente ou por que ocorreu em uma instalação sensível.

Isso leva a perguntas-chave sobre por que tantas explosões ou incidentes afetaram aspectos-chaves do complexo industrial militar do Irã. Os boatos publicados nas mídias sociais e em outros lugares online sugeriram não apenas um encobrimento, mas também alegações de um ataque cibernético ou outras preocupações sobre como esses incidentes se desenrolaram. O Irã alegou que um ataque cibernético prejudicou o porto de Shahid Rajaee em maio, após um ataque cibernético iraniano a Israel.

Peste medieval ressurge na Ásia: Mongólia declara quarentena para surto de peste negra

https://bucket1.glanacion.com/anexos/fotos/41/3299541w1033.jpg
O Governo fechou o caminho oeste do país para impedir a propagação da doença
Enquanto o mundo está debatendo o novo coronavírus, a Mongólia colocou em quarentena sua região oeste, que faz fronteira com a Rússia, depois de identificar dois casos suspeitos de peste negra, a peste medieval que continua hoje em consequência do consumo de restos carne de marmota.

De acordo com o Centro Nacional Mongol de Doenças Zoonóticas (NCZD), testes de laboratório confirmaram que dois indivíduos não identificados contraíram "peste marmota" na região de Khovd.

O NCZD disse que organizou quarentena para a capital da província e um dos distritos da região, a cerca de 500 quilômetros ao sul das repúblicas siberianas de Tyva e Altai.

Veículos foram temporariamente proibidos de entrar na região. O NCZD afirmou que analisou amostras de 146 pessoas que, em sua opinião, tiveram contato com as duas pessoas infectadas e identificou 504 indivíduos que tiveram um segundo contato. A mídia local sugeriu que as vítimas eram um homem de 27 anos e uma jovem de idade desconhecida, informou o Moscow Times.

terça-feira, 30 de junho de 2020

Aquecimento do Polo Sul foi 3 vezes a taxa global nos últimos 30 anos, mostra estudo

https://p2.trrsf.com/image/fget/cf/940/0/images.terra.com/2020/06/29/2020-06-29T190254Z_1_LYNXMPEG5S1WP_RTROPTP_4_CLIMATE-CHANGE-ANTARCTICA-PENGUINS.JPG
Pequenas plataformas de gelo na baía de Fournier, Antártica 03/02/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino
Tão rápido que Kyle Clem e outros pesquisadores do clima começaram a se preocupar e se perguntar se a mudança climática causada pelo homem está desempenhando um papel maior do que o esperado na Antártida.
 
Dados de temperatura mostram que o aquecimento da região desolada foi três vezes a taxa de aquecimento global nas últimas três décadas até 2018, o ano mais quente do Polo Sul já registrado, disseram os pesquisadores em um estudo publicado nesta segunda-feira na revista Nature Climate Change.

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Mais um estado da Índia deve adotar lei anti-conversão

Cristã lendo a Bíblia (Portas Abertas)
O ministro-chefe de Haryana, Manohar Lal Khattar, disse que o Projeto de Lei do Direito à Liberdade Religiosa é necessário à luz dos casos relatados de conversões forçadas.

Ele disse que os cidadãos têm o direito de mudar de religião, mas não se for por fraude, força ou atração. Ele também anunciou o estabelecimento de um conselho para proteger os bens religiosos hindus em áreas onde os hindus são minoria – para melhorar a harmonia social.

Segundo o censo de 2011, a população de Haryana é majoritariamente hindu (87,46%), com muçulmanos (7,03%) e cristãos (0,20%) entre os grupos minoritários.

As leis anti-conversão do estado foram (primeiro) introduzidas para minimizar a fraude, a força ou o uso de indução coercitiva para conversões religiosas, de acordo com um relatório de 2019 da Portas Abertas.

Apesar desse propósito declarado, existe pouca ou nenhuma evidência de que as minorias religiosas usem esses métodos para converter indivíduos. Em vez disso, as leis anti-conversão são abusivas e servem de pretexto para marginalizar as comunidades das minorias religiosas.

Fim dos tempos: Maior nuvem de poeira do mundo cruza o Oceano Atlântico

Uma “nuvem de poeira Godzilla” do deserto do Saara foi em direção aos Estados Unidos nesta semana é a maior e mais concentrada nuvem de poeira do gênero nos últimos tempos, segundo fontes de notícias.
Maior nuvem de poeira do mundo cruza o Oceano Atlântico
Em 16 de junho de 2020, o satélite GOES-East capturou essa imagem GeoColor de uma extensa nuvem de poeira do deserto do Saara, viajando para o oeste através do Oceano Atlântico. (Imagem: © NOAA)

Uma “nuvem de poeira Godzilla” do deserto do Saara foi em direção aos Estados Unidos nesta semana é a maior e mais concentrada nuvem de poeira do gênero nos últimos tempos, segundo fontes de notícias.

Em 22 de junho, a nuvem de poeira – que alguns especialistas chamaram de ‘nuvem de poeira Godzilla’ – chegou ao Caribe, levando a qualidade do ar a níveis ‘perigosos’, segundo a AP. As pessoas ao longo da Costa do Golfo podem estar próximas de experimentar o visitante empoeirado.

Os ventos alísios transportam regularmente nuvens de poeira do Saara em uma jornada de 8.000 quilômetros através do Oceano Atlântico, mas essa formação específica “é uma nuvem de poeira anormalmente grande”, disse Dan Kottlowski, meteorologista sênior do AccuWeather e principal meteorologista do furacão. Site do tempo.

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Perseguição: Partido Comunista chinês assumirá posto de liderança na diretoria das igrejas

Partido Comunista chinês assumirá posto de liderança na diretoria
O Partido Comunista da China impôs a participação de seus membros na diretoria de entidades religiosas, incluindo igrejas cristãs. A Carta de Pessoas Jurídicas em Locais de Atividades Religiosas foi aprovada em janeiro do ano passado e passou a ser aplicada este ano, através da nomeação de comitês administrativos em locais de culto.

A medida é supervisionada pela Administração Estatal de Assuntos Religiosos e o Ministério de Assuntos Civis, que tem buscado interferir na gestão dos locais de cultos de diversas religiões.

Na ordem imposta pelo regime ditatorial, todas as religiões devem formar um “comitê de gestão democrático” com membros do clero, representantes da sociedade e autoridades locais.

Assim, o Partido Comunista torna possível a participação e a interferência de seus membros em locais de culto, além de estabelecer normas sobre a eleição e destituição dos integrantes do comitê, que terão poderes para gerir diversos aspectos das instituições religiosas.

Nuvem de gafanhotos: praga pouco conhecida se aproxima do Brasil

Brasil monitora nuvem de gafanhotos na Argentina que pode ameaçar ...
Nuvem de gafanhotos causa prejuízos na Argentina e pode estar a caminho do Brasil
A nuvem de gafanhotos que chegou à Argentina e se aproxima do Brasil preocupa pesquisadores e autoridades brasileiras por ser uma praga ainda pouco conhecida e que é capaz de causar danos enormes às lavouras agrícolas.

Antes de chegar à Argentina, a nuvem de gafanhotos passou pelo Paraguai e, por lá, destruiu plantações de milho. De acordo com monitoramento da Argentina, os insetos devem seguir em direção ao Uruguai.

Isso preocupa o Ministério da Agricultura do Brasil, já que, ao realizarem este percurso, os gafanhotos passarão pelo oeste do Rio Grande do Sul.

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Pela primeira vez desde a 2ª Intifada: Palestinos fazem preparativos secretos para a anexação de casos da Judeia e Samaria por Israel

Mahmoud Abbas, presidente da AP, na ONU (crédito: Flash90)
A Autoridade Palestina começou a ocultar documentos sensíveis à medida que se prepara para uma possível onda de violência se Israel aplicar soberania sobre o vale do Jordão e partes da Judéia e Samaria, de acordo com relatos da mídia israelense na terça-feira.

A liderança palestina instruiu suas forças de segurança, o Muhabarat, a esconder documentos em pelo menos duas cidades, segundo o Canal 12.

A última vez que essa diretiva foi dada foi em setembro de 2000, o início da Segunda Intifada, um levante palestino violento que durou de 2000 a 2005.

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Opinião: Como deve se posicionar a igreja em relação aos recentes conflitos no Brasil?

https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/smart/media.guiame.com.br/archives/2015/11/10/1104803984-biblia-e-bandeira-do-brasil.jpg
Diante de alguns questionamentos sobre o posicionamento da igreja sobre os acontecimentos no Brasil, farei um breve relato do que penso mediante profundo análise, em relação ao momento que vive o país, porém focando para os eventos finais da igreja na Terra. Serei sucinto. Vejamos:

Por partidarismo político, muitos líderes não conseguem vislumbrar que os acontecimentos no Brasil têm um papel crucial para o cumprimento das profecias. Mas no entanto, é lamentável ver postagens em grupos ou redes sociais, de pastores, padres, líderes religiosos, desejando o radicalismo para o país. Incentivando o pior. Meros tolos!

Bastaria lembra-los que durante determinado tempo vivemos em governos que incentivaram a destruição da família, que incentivaram o aborto, dentre outras práticas que atingiam diretamente a igreja. Que financiavam ditaduras que perseguiam cristãos! E nem faço menção da roubalheira aos cofres públicos que trouxeram danos aos mais necessitados! E onde esses estavam?

É desafiante tentar entender o porquê da postura desses em defenderem pessoas e instituições com comportamentos contrários aos ensinos bíblicos. Queria acreditar que isso acontece porque estamos sendo massacrados por uma mídia e redes sociais que propagam desinformação. Seria uma das explicações para que se posicionem desse modo. Porém, é notório que na verdade esses, além de desinformados, ou são leigos no assunto ou se corromperam com o sistema.

domingo, 31 de maio de 2020

O Irã quase envenenou toda a água potável de Israel: milagrosamente fracassou

https://mk0breakingisralps2c.kinstacdn.com/wp-content/uploads/2020/05/F191027MAFF06-1.jpg
O sol se põe na praia de Ginosar, em Kinneret, no mar da Galiléia, no norte de Israel, em 19 de outubro de 2019.
Foto por Mila Aviv / Flash90
Um ataque cibernético iraniano sem precedentes visou seis instalações na infraestrutura de água de Israel nos dias 24 e 25 de abril, quase despejando níveis letais de produtos químicos no sistema de água israelense. Felizmente, o ataque afetou alguns sistemas, mas não causou nenhuma interrupção no fornecimento de água ou no gerenciamento de resíduos. O sistema do computador foi violado, mas o ataque cibernético foi bloqueado antes que qualquer dano pudesse ser causado.

Ataque focalizado no abastecimento de água civil
Agora foi revelado que o ciberataque iraniano na infraestrutura hídrica de Israel não era apenas um ataque a sistemas de dados do tipo que Israel enfrenta diariamente. No ataque, o sistema de computadores da água foi violado, mas o ataque foi bloqueado bem a tempo antes que qualquer dano pudesse ser causado. O ataque teria sido roteado pelos servidores dos EUA.

“Este foi um ataque que vai contra todos os códigos, mesmo em guerra”, disse uma autoridade israelense ao Canal 13. “Mesmo dos iranianos, não esperávamos algo assim. Este é um ataque que não pode ser feito.

Yigal Unna, diretor geral da Diretoria Nacional de Cibernética de Israel, anunciou na quinta-feira uma conferência cibernética internacional na quinta-feira, revelando que a intenção do ciberataque na infraestrutura de água era muito maior e muito mais mortífera do que se pensava anteriormente, chamando-a de “reviravolta histórica ponto na guerra cibernética, mas este foi apenas o começo.”

Os ataques cibernéticos geralmente têm como alvo bancos de dados ou sites. Mas esse ataque foi o primeiro de seu tipo, tentando efetuar eventos do mundo real.