Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 3 de maio de 2016

Fim dos tempos: Alemanha vai ganhar o primeiro “templo da religião mundial”

http://1.bp.blogspot.com/-6fUvd7cYrqw/VmlgD-eFxWI/AAAAAAAAC8s/ZHCYLstxHBw/w1200-h630-p-nu/Religi%25C3%25A3o%2BMundial.jpg
Edifício servirá como sinagoga, mesquita e igreja
Com o afluxo de milhões de refugiados para a Europa nos últimos meses, a Alemanha está no centro do debate que tem dividido os europeus. Principal destino dos homens e mulheres que desejam recomeçar a vida longe da pobreza e da guerra, o discurso alemão tem sido o da tolerância, em especial por que a imensa maioria dos que chegam são muçulmanos.

Agora, a iniciativa House of One (Casa de Um Só) comemora o primeiro milhão de euros doado para a construção do que é chamado de o primeiro “templo da religião mundial”. O edifício servirá como sinagoga, mesquita e igreja ao mesmo tempo.

O local multirreligioso é a primeira inciativa do gênero no mundo. O início das obras está marcado para os primeiros meses de 2016. Ano passado, quando o projeto foi lançado, o rabino Tovia Ben Chorin estava ao lado do pastor luterano Gregor Hohberg e do imã Kadir Sanci. A foto oficial mostra cada um deles segurando um tijolo, símbolo de sua união para a edificação do futuro templo.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Paz entre Israel e Palestina está ‘mais distante do que nunca’, alerta secretário-geral da ONU

Ataques de palestinos contra israelenses, expansão dos assentamentos de Israel e demolições em larga escala de residências palestinas na Cisjordânia fizeram com que a confiança ‘evaporasse’ nas negociações por uma solução de dois Estados, lamentou Ban Ki-moon.
 
 Israelenses prestam socorro a vítimas de atropelamento proposital que aconteceu em um bairro ortodoxo de Jerusalém. Foto: IRIN / Oren Ziv

Por mais de seis meses, ataques terroristas individuais provocados por palestinos dispararam um surto de agressões e – somados à expansão contínua de assentamentos por forças israelenses – tornaram a solução de dois Estados “mais distante do que já esteve por muitas décadas”. A violência deixou vítimas de ambos os lados do conflito: mais de 200 palestinos e mais de duas dezenas de israelenses foram mortos.

Este foi o diagnóstico do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, que apresentou suas avaliações sobre a conjuntura do Oriente Médio na semana passada (18), em pronunciamento no Conselho de Segurança. 

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Presidente da China diz que comunistas devem ser `ateus inflexíveis´ para `comandarem cristãos´

presidente-chinês-Xi-Jinping
O presidente chinês, Xi Jinping disse aos membros do Partido Comunista que eles devem ser “ateus inflexíveis” no comando dos cristãos e outros grupos religiosos no país.
 
“Os grupos religiosos… devem aderir à liderança do Partido Comunista da China (PCC)“, disse Xi aos altos funcionários do partido em uma conferência, conforme relatado pela agência oficial de notícias Xinhua.

Ele acrescentou que os comunistas devem ser “ateus marxistas inflexíveis”, que recebem a missão de “resolutamente proteger o país de infiltrações do exterior através de meios religiosos”.

Xi argumentou que a China concede aos seus cidadãos a “liberdade de crença”, enquanto, ao mesmo tempo se “opõe à ideologia extremista” e prometeu continuar seguindo esse princípio.

“Devemos orientar e educar os círculos religiosos e seus seguidores com os valores socialistas centrais”, o presidente chinês acrescentou.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Judeus voltam a fazer sacrifícios de animais após 2000 anos

http://264689.syscall.ws/static_img/264689/resize-500x424_18-305.jpg
O Templo judeu foi totalmente destruído pelo exército romano no ano 70. Desde então, os judeus cessaram os sacrifícios de animais. Embora a tradição continue entre os samaritanos, o sangue é derramado no monte Gerizim e não segue estritamente a tradição bíblica.

Em 2016, pela primeira vez em quase dois milênios, cordeiros de um ano foram sacrificados ao ar livre por homens que reúnem as condições de serem os novos levitas e sacerdotes.

Ainda que o Terceiro Templo não esteja de pé, os membros do Instituto do Templo conseguiram reunir cerca de 400 convidados para uma “cerimônia modelo”, no alto do Monte das Oliveiras. Entre os convidados estavam líderes políticos e religiosos, que expressaram sua esperança que as mesquitas em breve sejam removidas do alto do Monte do Templo.

O político Arieh King afirmou esperar que Jerusalém logo esteja livre do que ele chamou de “abominação”. Ao mesmo tempo, o rabino Yisrael Ariel, um dos líderes do Instituto do Templo explica que o evento foi uma “preparação” para quando o monte Moriá for “limpo e consagrado” e o templo, reconstruído.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

7 grandes terremotos no pacífico em 96 horas. Sismólogo adverte sobre uma mega catástrofe

http://coyunturaeconomica.com/files/coyuntura/terremoto-tsunami-japon-3517.jpg
Pelo menos 272 pessoas foram mortas na maior terremoto do Equador em décadas como um terremoto de magnitude 7,8 atingiu a costa do Pacífico no sábado e foi sentida em todo o país andino de 16 milhões de pessoas, causando pânico tão longe como a capital Quito.

Nota do Editor: Embora a profecia encontrada em Mateus 24 refere-se principalmente às pessoas que vivem no tempo da angústia de Jacó, certamente poderíamos estar testemunhando a rampa até aquele momento durante a Idade Igreja. Uma coisa é certa, tem havido uma quantidade louca de atividade sísmica deste mês até agora.

Vice-Presidente Jorge Glas disse, bem como deixar centenas de mortos, mais de 2.500 pessoas ficaram feridas. O último terremoto segue tremores devastadores no Japão na semana passada quando um, medindo 7,3 na escala de Richter, feriu mais de 1.000 armadilhas pessoas em edifícios desmoronados de apenas um dia depois de um terremoto matou nove pessoas na mesma região.

Equipes de resgate procuram por sobreviventes de um terremoto de magnitude 7,3 que atingiu o Japão Kyushu Island, na mesma região abalado por um terremoto de 6,2 dois dias antes.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Igreja luterana norueguesa permitirá casamentos entre pessoas do mesmo sexo

A Igreja luterana norueguesa aprovou nesta segunda-feira em sua assembleia anual permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo em seus templos.

A proposta, que contou com o apoio de 88 dos 115 delegados, estabelecerá um novo ritual litúrgico que no entanto não será adotado formalmente até janeiro do ano que vem.

A nova disposição permitirá também aos pastores e outras figuras eclesiásticas que não estejam de acordo com a medida abster-se de participar das cerimônias.

A autorização do casamento entre homossexuais foi um assunto polêmico no seio da Igreja luterana deste país escandinavo nas últimas décadas.

Satélite flagra águas do rio Nilo vermelhas como sangue e estudiosos lembram praga do Egito

http://i1.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2016/04/nilo-sangue.jpg?fit=632%2C640Uma imagem do rio Nilo, no Egito, feita por satélite, mostra as águas e algumas áreas do deserto da região vermelhas, lembrando a narrativa do livro do Êxodo.

O flagrante foi registrado pelo satélite Sentinel-3ª, da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês), e recebeu destaque na mídia israelense por causa da proximidade com a celebração pascal judaica, que segue o calendário bíblico e é comemorada no dia 21 de abril.

A Páscoa, para os judeus, é a celebração religiosa mais importante, pois é quando relembram a passagem no Mar Vermelho, em fuga do Egito, e também as dez pragas que foram ordenadas por Deus contra aquela nação.

Segundo informações do Breaking Israel News, diversos religiosos judeus comentaram o registro da ESA, pois a praga do sangue (“dam”), em hebraico, foi a primeira enviada contra os egípcios.

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Muçulmanos querem o direito de matar suas mulheres

Uma lei que protege a mulher foi aprovada em uma das províncias onde há mais casos de violência doméstica 

Resultado de imagem para Muçulmanos querem o direito de matar suas mulheres
Imagem: Exateus.com
Existe limite para a barbarie? Aparentemente não. Extremistas islâmicos no Paquistão protestaram recentemente para ter o direito de abusar e matar suas esposas e filhas.

Segundo o New York Post tudo começou quando o governo daquele país aprovou uma lei pela defesa e proteção das mulheres, criminalizando a violência no Punjab, a região mais populosa do Paquistão.


O que foi visto em todo o mundo como um avanço, para os extremistas foi um motivo para protesto, pois na visão deles, proteger as mulheres é “destruir o sistema familiar no Paquistão”.

Os protestos acontecem desde 1º de março quando a lei foi promulgada, desde então os extremistas tentam revogar a lei para continuarem maltratando suas esposas e filhas.

A lei em questão pune toda e qualquer forma de abuso contra mulheres praticados por homens. Quer seja a violência doméstica, emocional, psicológica ou ainda os crimes cometidos pela internet.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Movimento Judeu Messiânico faz lobby em Washington para "solução de um só Estado"

O movimento judeu messiânico abriu em Washington um gabinete destinado a fazer lobbying, visando pressionar o governo norte-americano a apoiar Israel e enterrar a assim-chamada "solução 2 estados" que desde há décadas tem andado a ser promovida pelos vários governos Democrata e Republicano. 

A "Aliança para a Advocacia de Israel" usará uma outra forma de aproximação para fazer lobbying no Congresso norte-americano, numa forma nunca utilizada anteriormente por qualquer outra organização congénere. 

Este movimento é liderado por Paul Liberman, líder de uma congregação messiânica na Califórnia e militante activo do partido Republicano. 

Para os judeus messiânicos, a Bíblia é o certificado de posse da Terra de Israel para os judeus. 

Os judeus messiânicos acreditam que Jesus é o Messias judeu e representam uma pequena mas significativa parte da comunidade cristã evangélica.
 
Shalon Israel Shalon
DeOlhOnafigueira

Guerra: Israel atacou comboios de armas para Hezbollah na Síria, diz Netanyahu

É a 1ª vez que Netanyahu declara que Israel realizou estes ataques na Síria.
Israel continua oficialmente em guerra com a Síria.
 
Resultado de imagem para Netanyahu globoO primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, admitiu pela primeira vez, nesta segunda-feira (11), que Israel atacou dezenas de comboios na Síria que transportavam armas destinadas ao Hezbollah, inimigo do Estado hebreu.

É a primeira vez que Netanyahu declara publicamente e de uma maneira tão clara que Israel realizou estes ataques na Síria, país vizinho com o qual Israel continua oficialmente em guerra.

Em dezembro, o primeiro-ministro disse que seu país fazia "todo o necessário para evitar entregas de armas particularmente letais da Síria para o Líbano", sem dar mais detalhes.

A imprensa libanesa e síria acusaram Israel de vários ataques aéreos contra comboios de armas destinados ao Hezbollah, mas as autoridades deste país geralmente não fazem comentários sobre os bombardeios.