Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Obama promete firmeza; Netanyahu pede desmantelamento de programa nuclear do Irã

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta segunda-feira que acompanhará com atenção as próximas negociações com o Irã sobre seu programa nuclear.

Obama, que recebeu na Casa Branca o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, também advertiu que a opção militar continua sobre a mesa para fazer com que o Irã respeite suas obrigações.

"Devemos testar a diplomacia, devemos comprovar se são sérios em sua vontade de agir de acordo com as normas e leis internacionais", disse o presidente americano se referindo às autoridades de Teerã.

"Vamos a essas negociações muito atentos" e "manteremos todas as nossas opções sobre a mesa, incluindo as militares".

EXPECTATIVA ALARMANTE: Cometa ISON se aproxima. O que nos espera?


Conforme já dissemos aqui, o Cometa ISON no dia 26 de dezembro de 2013 passará próximo a Terra, criando expectativas de ser o cometa do Século. Os estudiosos do céu, estarão atentos ao dia 1º de outubro, quando o cometa ISON passará o mais próximo de Marte (máxima aproximação em relação a Marte, numa distância de 10 782 604.8 km. A preocupação é que algo de trágico ocorra. 

Deixando de lado as diversas teorias da conspiração, que afirmam que um cataclisma global ocorrerá nesse final de ano, de certa forma algo tem nos chamado atenção: O aparato que está sendo empregado para acompanhar a passagem do cometa.

UMA VERDADEIRA FROTA ESTELAR ESTÁ ATENTA A PASSAGEM DO COMETA
 
A seguir, a relação já divulgada pela NASA, em seu site Solar System, na página que cuida especificamente do Cometa ISON).
  • Solar Dynamics Observatory : Observações de ISON sob luz ultravioleta extrema, quando o cometa estiver mais próximo do sol.
  • SOHO : Observações de ISON quando passar pelo Sol no final de novembro.
  • STEREO : Observações de ISON quando passar pelo Sol no final de novembro.
  • MESSENGER : Observações de ISON quando passar por Mercúrio em 19 de novembro em seu caminho para o Sol.
  • Venus Express : Observações de ISON quando passar por Vênus.
  • BRRISON : Balão Sub-orbital, que será lançado em meados de setembro para estudar ISON, de um ponto de observação quase acima de toda a atmosfera da Terra.
  • FORTIS : Foguete de sondagem, que será lançado em meados de novembro para obter espectros ultra-violeta do ISON.
  • Telescópio Espacial Hubble : Observações de ISON em Abril-Maio e novamente em outubro e dezembro (se o ISON sobreviver).
  • Spitzer Space Telescope : Observações de ISON no dia 13 de junho. O cometa estava a 310 milhões de quilômetros de distância do Sol.
  • Observatório de Raios-X Chandra : Observações das interações de ISON com os ventos solares.
  • Estação Espacial Internacional : Os astronautas poderão observar o Cometa ISON que passa pelo Sol no final de novembro.
  • Lunar Reconnaissance Orbiter : Observações de ISON quando passar pela lua no final de novembro.
  • Swift : Em janeiro e março, Swift observou ISON quando ele estava a 460 milhões de quilômetros do sol.
  • Curiosidade : Observações de ISON quando passar por Marte. O ponto mais próximo de observação ocorrerá em 01 de outubro de 2013 (PERIASTRO).
  • Oportunidade : Também fará observações do ISON quando ele passar por Marte.
  • Mars Reconnaissance Orbiter : Observações orbitais de ISON quando passar por Marte em outubro.
  • Mars Express : Observações orbitais de ISON quando passar por Marte em outubro.
  • Impacto Profundo : Capturou imagens do Cometa ISON nos dias 17 e 18 de janeiro de 2013 a uma distância de 493.000 mil milhas de distância. Missão já encerrada.
Os observadores terrestres
  • Astrônomos amadores.
  • Telescópios de pesquisa : NASA Infrared Telescope Facility, Observatório Keck e muitos outros mais.
 
O QUE SABEMOS SOBRE O ISON
 

Irã começou a Perestroika ou pediu uma trégua?

 Irã começou a Perestroika ou pediu uma trégua?
 
Os parceiros ocidentais, segundo tudo indica, acreditaram na sinceridade das intenções de Hassan Rohani de “abrir uma nova página” nas relações da República Islâmica do Irã com o mundo exterior. Mas se a Perestoika (reestruturação) iraniana fracassar, pode já não haver segunda chance de normalizar estas relações. A flexibilidade retórico-diplomática já manifestada por Rohani deve ser seguida de atos práticos.

O discurso do presidente do Irã Hassan Rohani na sessão da Assembleia Geral da ONU foi muito diferente em estilo e conteúdo dos discursos de seu predecessor no cargo, Mahmoud Ahmadinejad. O principal na sua intervenção foi a disposição para conversações imediatas sobre o programa nuclear, sem condições prévias e a disposição geral para o diálogo bilateral com Washington.

domingo, 29 de setembro de 2013

As guerras travadas entre árabes e israelenses e suas consequências

 
Guerra da Independência – 15/5/1948
Logo após a declaração da independência do Estado de Israel, os países árabes, ao invés de declarar a independência do Estado da Palestina, declararam guerra e invadiram o Estado de Israel por todos os lados. Após 15 meses de guerra, os israelenses venceram essa guerra de extermíno do estado judeu e definiram as fronteiras acima em 1949, ao custo de 6.000 israelenses mortos.
No dia seguinte à proclamação de independência do Estado de Israel, em 14 de maio de 1948, os exércitos do Egito, da Jordânia, da Síria, do Líbano e do Iraque invadiram o país com o propósito confesso de expulsar os judeus das terras que lhes foram destinadas pela Partilha da Palestina, votada na ONU em 29 de novembro de 1947, e de "afogá-los no Mar Mediterrâneo". Após a assinatura do armistício em 1949, a planície costeira, a Galiléia e todo o Neguev ficaram sob soberania israelense; a Judéia e a Samaria (a Margem Ocidental) ficaram sob domínio da Jordânia; e a Faixa de Gaza, sob administração egípcia. A cidade de Jerusalém ficou dividida, cabendo à Jordânia o controle da parte oriental, inclusive a Cidade Velha, e a Israel, o setor ocidental da cidade. No conflito, foram mortos 6.000 judeus, equivalentes a 1% da população judaica local.

A Campanha do Sinai – outubro de 1956
Por ordem do Egito, os navios israelenses e aqueles com destino a Israel foram impedidos de passar pelo Canal de Suez. Também o bloqueio egípcio ao Estreito de Tiran, que dá acesso ao porto de Eilat, foi reforçado. Com a assinatura de uma aliança tripartite entre o Egito, a Síria e a Jordânia, a ameaça à segurança de Israel tornou-se mais iminente. Em oito dias as Forças de Defesa de Israel (FDI) capturaram a Faixa de Gaza e toda a península do Sinai, detendo-se 16 km a leste do Canal de Suez. Com a intermediação da ONU, o Estreito de Tiran foi reaberto, permitindo o comércio de
Israel com países da Ásia e da África, bem como a importação de petróleo do Golfo Pérsico, e Israel retirou suas tropas do Sinai.

sábado, 28 de setembro de 2013

3º Templo: Terceira intifada estaria prestes a ser declarada

Centenas de palestinos se reuniram este mês para alertar o mundo árabe: Israel quer destruir a mesquita de al Aqsa para construir seu templo.
 
Enquanto o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas discursa na Assembleia Geral da ONU, vários grupos palestinos estão se preparando para uma terceira intifada contra Israel. Intifada é o termo que significa “revolta”, anunciado toda a vez que os palestinos desejam um ataque mais forte contra os judeus. A primeira foi em 1987 e a segunda em 2000, quando foi provocada pela visita à caminhada de à caminhada de Ariel Sharon pela Esplanada das Mesquitas. Nos meses seguintes os conflitos deixaram muitos mortos e feridos.

A convocação desta vez foi um sinal de protesto contra a visita de grupos judeus ao Monte do Templo e a divulgação recente de que todos os preparativos já foram feitos para reerguê-lo.

Presidente do Irã convida Israel a aderir à não proliferação nuclear

O presidente do Irã, Hassan Rohani, disse nesta quinta-feira (26) na Assembleia Geral da ONU que o desarmamento nuclear é a "prioridade principal de seu governo" e convidou Israel a assinar o tratado de não-proliferação nuclear, para que as armas nucleares que supostamente possui sejam monitoradas.

As declarações foram feitas durante um encontro de alto nível sobre Desarmamento Nuclear, durante a Assembleia Geral da ONU.
 
"Nenhuma nação deve ter armas nucleares", disse Rohani, cujo país é acusado pelas potências ocidentais de tentar obter uma arma nuclear.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

A Europa está perante uma catástrofe econômica e espiritual

Marc Rousset
 
A economia mundial perdeu o rumo do desenvolvimento e os interesses do capital global não coincidem com os interesses dos povos. A crise, na qual estão caindo não só os países da UE mas também os Estados Unidos, não pode acabar bem. Por que motivo isso está acontecendo, explicou à Voz da Rússia o economista, jornalista e autor de vários livros Marc Rousset.
 
Marc Rousset considera errada a opinião generalizada de que o culpado pela crise é unicamente o setor financeiro. Ele chama a economia moderna de “louca”, e a catástrofe à qual, em sua opinião, estão chegando os países desenvolvidos, de “programada”.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Israel pode substituir todo dinheiro do país por transações com chip

O governo de Israel anunciou a criação de uma comissão que irá estudar formas de eliminar o dinheiro circulando no país. Segundo foi anunciado, seria a melhor maneira de impedir os cidadãos de sonegar impostos. O comitê será presidido por Harel Locker, diretor do Escritório do Primeiro-Ministro

O dinheiro de papel seria substituído por transações eletrônicas, feitas com cartões de chip. Com as novas tecnologias, os bancos podem controlar quanto as pessoas tem em suas contas e quanto podem retirar. As empresas de cartão atuais registram quanto as pessoas gastam mas o governo não tem controle.

Os membros do grupo de estudo incluem a Polícia Federal de Israel, a Autoridade Tributária, a Autoridade Governamental de Lavagem de Dinheiro e Terror, o Banco Federal de Israel e funcionários da Procuradoria do Estado, entre outros.


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

EUA têm tecnologias para influenciar clima da Rússia

EUA têm tecnologias para influenciar clima da Rússia

Garantias americanas de o projeto HAARP ter o objetivo de estudar a aurora boreal não correspondem à realidade. Esta opinião foi emitida pelo presidente da Academia de Problemas Geopolíticos, coronel-general aposentado Leonid Ivashov.

"Eu sei a ciência certa que os americanos criaram um sistema poderoso e exercem influência sobre o clima. Eles ensaiavam e têm conseguido muito. Nós tivemos as unidades que o estavam monitorando, mas depois elas foram eliminadas," disse ele.

Além disso, Ivashov acrescentou que o HAARP não pode ser um projeto pacífico.
 
Voz da Rússia
DeOlhOnafigueira

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Obama e Abbas: paz entre israelenses e palestinos não será "fácil"

Imagem: Estadão
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, reconheceram nesta terça-feira que a paz entre israelenses e palestinos não será "fácil", durante o primeiro encontro dos dois líderes desde a retomada das conversas diretas de negociação de paz."Não temos ilusões de que a paz será fácil", disse Abbas no começo da reunião com Obama na ONU, onde ambos participam da Assembleia Geral.

"Nenhum de nós tem a ilusão de que isto será fácil", reiterou Obama ao destacar os "riscos políticos" assumidos tanto por Abbas como pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

O presidente americano agradeceu a Abbas por seus "esforços" na busca da paz e também por "comprometer-se a sentar" para dialogar com os israelenses.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Israel: 'O tempo para negociações com o Irã se esgotou'

Governo do país afirma que aiatolás estão a seis meses de desenvolver bomba atômica - e classificou como fraudulentas declarações do presidente iraniano

Imagem de satélite divulgada pelo Google mostra instalação de Parchin, onde haveria atividades nucleares
Imagem de satélite mostra instalações nucleares no Irã (Reprodução)

O Irã está a seis meses de desenvolver uma bomba nuclear e não há mais tempo para negociações com o país dos aiatolás, afirmou nesta sexta-feira o ministro israelense de Assustos Estratégicos, Yuval Steinitz. Paralelamente, o gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu divulgou nota em que classifica como fraudulentas as recentes declarações do presidente iraniano Hassan Rohani, de que o país nunca vai desenvolver armas nucleares.

"Não há mais tempo para negociações. Se continuarem correndo, os iranianos terão capacidade para desenvolver uma bomba em mais meio ano", afirmou Steinitz ao jornal israelense Hayom. Já a nota de Netanyahu procurou se concentrar em Rohani, que desde que assumiu o poder tem tentado transmitir ao mundo uma imagem de moderado. “Ninguém deve se enganar com as palavras fraudulentas do presidente do Irã. Os iranianos estão manipulando a imprensa para continuarem manipulando as centrífugas", afirma o documento.

domingo, 22 de setembro de 2013

Ataque a igreja mata ao menos 70 cristãos no Paquistão

Mulher chora a morte de familiar após ataque a igreja no Paquistão.
Pelo menos 70 pessoas morreram e mais de 120 ficaram feridas neste domingo, 22 de setembro, em um duplo atentado realizado em frente a uma igreja em Peshawar, no noroeste do Paquistão. O ataque ocorreu na saída da reunião, segundo as autoridades locais. Trata-se do pior ataque cometido contra cristãos no Paquistão, comunidade que representa 2% da população deste país de maioria muçulmana.
 
Um funcionário da prefeitura de Peshawar disse à imprensa que as bombas explodiram logo após o fim da reunião. "A maioria dos feridos está em situação crítica", declarou o Sahibzada Anees. Nazir Khan, professora de 50 anos, disse que a missa havia terminado e que 400 fiéis estavam saindo da igreja quando ocorreu uma primeira explosão.

sábado, 21 de setembro de 2013

As promessas sobre a terra de Israel são cumpridas através de Jesus?

Desde o segundo século depois de Cristo, muitos de dentro da Igreja têm afirmado que ela substituiu Israel para sempre. Na metade do segundo século, Justino Mártir, em seu famoso Dialogue with Trypho, a Jew [Diálogo com Trifão, um Judeu], chamou a Igreja de “a verdadeira raça israelita”, com base em que “Cristo é Israel”. Justino continua:
Tais são as palavras das Escrituras; portanto, entendam que a semente de Jacó agora se refere a algo mais, e não como se pode supor, que fale sobre o seu povo. Pois não é possível que a semente de Jacó, ou que Deus tenha aceitado aquelas mesmas pessoas a quem Ele reprovara como sendo inadequadas para a herança, e que prometa essa mesma herança a elas novamente.[1]
Passou apenas uma geração depois do encerramento do cânon do Novo Testamento, e já nasceu a horrível teologia de que Israel foi para sempre substituído pela Igreja. Ainda mais perturbador para nós, atualmente, é o fato de que essa teologia não apenas sobrevive em nossos dias, mas está em alta nos meios evangélicos que costumavam ser sempre isentos de tais visões.

As Promessas Sobre a Terra Para Israel
Por todo o Antigo Testamento, começando em Gênesis, o Senhor fez promessa após promessa a Abraão, Isaque, Jacó e a seus descendentes de que a terra de Israel pertence ao povo judeu. A promessa é repetida cerca de vinte vezes no livro de Gênesis.[2] O livro de Deuteronômio fala pelo menos vinte e cinco vezes que a terra é um presente do Senhor ao povo de Israel (Dt 1.20,25; 2.29; 3.20; 4.40; 5.16; etc.). Walter Kaiser, estudioso do Antigo Testamento, observa: “sessenta e nove vezes o escritor de Deuteronômio repetiu a promessa de que Israel um dia ‘possuiria’ e ‘herdaria’ a terra que lhe fora prometida”.[3] Os Salmos, o livro de adoração ao Senhor, freqüentemente levam o adorador a ações de graça ao Senhor por Suas promessas de aliança e por Sua fidelidade. Por exemplo, o Senhor declara: “Pois o Senhor escolheu a Sião, preferiu-a por sua morada: Este é para sempre o lugar do meu repouso; aqui habitarei, pois o preferi” (Sl 132.13-14).

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Sabemos onde está a Arca da Aliança, revela rabino

O rabino Chaim Richman é um dos mais influentes hoje em dia por causa de seu projeto de reconstrução do Terceiro Templo, que deverá ser erguido no seu local original.
 
Sabemos onde está a Arca da Aliança, revela rabino
Em uma longa reportagem feita pelo jornal inglês The Telegraph, ele revelou alguns de seus segredos. Em uma das salas onde estão guardadas as peças principais do novo Templo, repousa a Arca da Aliança.
 
“Esta não é a verdadeira arca perdida”, diz ele ao repórter. ”Ela está escondida a cerca de um quilômetro daqui, em câmaras subterrâneas cavadas ainda nos dias de Salomão”.

Ele vai mais além “É verdade. Os judeus têm uma cadeia ininterrupta de informações gravadas e transmitidas de geração em geração, indicando a sua localização exata. Há um grande fascínio com a descoberta da arca perdida, mas ninguém pergunta aos judeus. Nós sabemos onde ela está há milhares de anos. Poderíamos escavá-la no alto do Monte do Templo [Moriá], mas essa área ainda é controlada pelos muçulmanos”.

Papa Francisco afirma que a igreja não deve “interferir espiritualmente” na vida dos homossexuais

Papa Francisco afirma que a igreja não deve “interferir espiritualmente” na vida dos homossexuais
Um dos debates mais intensos no meio cristão ultimamente se refere à homossexualidade e ao casamento gay. 
 
Nesta quarta-feira, o papa Francisco afirmou durante uma entrevista que a igreja não pode “interferir espiritualmente” na vida dos gays.
 
Segundo Francisco, a religião tem o direito de expressar suas opiniões sobre todos os temas, mas isso não significa retaliar as pessoas que escolheram viver a partir de princípios conflitantes com os do cristianismo.

“Uma pessoa uma vez me perguntou, de maneira provocadora, se eu aprovava a homossexualidade. Retruquei com outra questão: ‘Quando Deus olha uma pessoa gay, ele endossa a existência dessa pessoa com amor, ou a rejeita e condena?’ Devemos sempre considerar a pessoa”, disse o pontífice católico.

Francisco pontuou ainda que a Igreja precisa “acompanhar” divorciados e homossexuais “com misericórdia” e se relacionar com elas “a partir de suas condições reais de vida”.

Na entrevista, concedida à revista La Civiltà Cattolica, o papa afirmou ainda que as mulheres devem ocupar um espaço maior na Igreja Católica, e rebateu as críticas de que deveria pregar de maneira mais incisiva contra a homossexualidade.
 
Gospel +
DeOlhOnafigueira

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Perseguição religiosa se intensifica e mercenários muçulmanos recebem US$ 43 por cada cristão morto

Perseguição religiosa se intensifica e mercenários muçulmanos recebem US$ 43 por cada cristão morto
O extremismo religioso na Nigéria tem alcançado proporções de genocídio, à medida em que o grupo islâmico Boko Haram intensifica suas investidas contra os cristãos.
 
Massimo Introvigne, coordenador do Centro de Liberdade Religiosa na Itália, publicou um relatório sobre a situação dos cristãos na Nigéria, e alertou para o fato de que a “caça” aos fiéis tem sido recompensada com 7 mil nairas, que equivalem a US$ 43. Esse valor é pago pelo Boko Haram para seus adeptos a cada cristão assassinado no país.

“Estima-se que em 2012, 105 mil cristãos mortos por razões religiosas. É uma morte a cada cinco minutos”, lamenta Introvigne.

Palestinos pedem que John Kerry ajude a frear "ações provocativas" de Israel

Imagem: Voz da Rússia
O chefe negociador palestino para a paz, Saeb Erekat, pediu nesta quarta-feira ao secretário de Estado americano, John Kerry, fazer todo o esforço possível para evitar que Israel prejudique a conversas entre as partes.
 
Em carta urgente, em nome do presidente palestino, Mahmoud Abbas, Erekat pediu a intervenção de Kerry após a divulgação, na terça-feira, da emissão por parte de Israel de novas ordens de despejo que afetam 28 famílias palestinas da Cidade Antiga de Jerusalém.

Além disso, o negociador palestino condenou a entrada "sistemática" de colonos israelenses na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental, ação que, segundo ele, teve o apoio das autoridades israelenses.