Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Palestinos dão passo histórico na ONU -Israel promete dificultar mais a relação com os árabes

Europeus pressionam Abbas para que não recorra ao Tribunal Penal Internacional, o que será possível caso o país se torne membro observador da ONU
 

Majdi Mohammed/AP Em pleno centro de Ramallah, capital da ANP, palesitnos inauguraram uma cadeira simbólica da ONU em setembro de 2011.


Os palestinos irão hoje, à ONU com a intenção de que a Assembleia Geral os reconheça como Estado observador, em um episódio de peso histórico que pode ajudar a dar continuidade ao engessado processo de paz, mas também pode acarretar consequências imprevisíveis em sua relação com Israel.

Apesar das pressões de várias partes até o último momento, o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, parece decidido desta vez a conseguir que uma grande maioria dos países do mundo reconheçam pela primeira vez conjuntamente um Estado palestino nas fronteiras de 1967 e com capital em Jerusalém Oriental, segundo as últimas versões da minuta de resolução que ainda estão negociando para apresentar à Assembleia.

Será uma votação de alta carga simbólica, feita no mesmo dia em que, há 65 anos, a plenária da ONU aprovou a partilha em dois Estados do Protetorado Britânico na Palestina, divisão que os árabes rejeitaram e que propiciou meses depois a criação do Estado de Israel.

Naval Brasil
DeOlhOnafigueira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário