Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

ONU solicita fiscalização nuclear em Israel

Esta não é a primeira vez que ONU solicita uma fiscalização nas instalações nucleares do Estado de Israel, e pelo visto não vai ser também a última. Na realidade o Estado de Israel já têm independência nuclear a mais de 30 anos e segundo fontes internacionais já conta com cerca de 120 ogivas nucleares, mas nunca fez uso e nem pretende fazer uso militar das mesmas.

Enquanto isto o Irã continua a todo vapor naquilo que é considerado publicamente um programa nuclear militar, ameaçando constantemente o extermínio de Israel. Israel por sua vez nunca ameaçõu nenhuma nação de extermínio.

Então por que a crítica e a decisão da ONU agora? A resposta é simples, esta é a resposta americana e da comunidade internacional pela decisão de Israel de construir em área que é considerada de maioria árabe, sendo que ninguém mora em tal região "E1" é simplesmente um deserto.

Os palestinos podem quebrar todos os acordos internacionais com Israel mas Israel não pode contruir em uma área desértica junto a sua capital Jerusalém, a moralidade americana e europédia estão se dirigindo a um novo anti-semitismo chamado agora falsamente de direito internacional.

O Estado de Israel oficialmente nega que tenha armas nucleares e que o centro nuclear em Dimona seja apenas um centro de pesquisas.
 
CafeTorah
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário