Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 20 de abril de 2013

Mossad procura agente "corajoso" e que "sonhe com aventuras de risco"

A agência de inteligência de Israel, Mossad, lançou uma campanha na internet para contratar homens e mulheres "audaciosos e inteligentes" e que "sonhem com aventuras de risco".

O Instituto (tradução da palavra hebraica Mossad) lançou no seu site e divulgou nas redes sociais a campanha "Com inimigos como estes, necessitamos amigos", que tem como objetivo buscar novos agentes e demais profissionais para realizar missões em todo o mundo todo e trabalhar em suas instalações em Israel.

No site oficial da Mossad (em hebraico) é possível encontrar vagas para 60 tipos de trabalho. A agência ressaltou que necessita tanto homens como mulheres e apelou para as emoções e coragem dos candidatos, que podem pleitear até três vagas cada um.

"Se você tem coragem, inteligência e habilidade mental poderá concretizar e cumprir o sonho de uma missão nacional e pessoal", diz o anúncio da Mossad, que procura pessoas com dotes de liderança e "capacidade de mobilizar e fascinar as pessoas", explicou o jornal "Yediot Aharonot".
 
Para as pessoas "criativas, que gostam de desafios, sonham com aventuras no exterior de grande risco e não tenham problema com um tipo de vida pouco rotineira e dinâmica", a oferta do serviço de Inteligência é "uma oportunidade de pensar em uma reorientação profissional", disse o jornal.

Os postos exigem disponibilidade para viver em Israel e "realizar muitas viagens ao exterior". Além disso, é necessário passar por um período de formação de um ano.

A original campanha começa com o texto: "Uma mulher envia um sms a seu marido dizendo: 'Como foi seu dia hoje?' E ele responde: 'Não faça perguntas'", em uma referência ao secretismo que um agente da Mossad deve manter.

O currículo que pode abrir as portas do Instituto é muito variado e engloba desde experiência em unidades de inteligência militar até dominar vários línguas, com especial interesse no farsi e no árabe.

Professores de idiomas, analistas em tecnologia, químicos, desenhistas gráficos, advogados, psicólogos clínicos e carpinteiros são alguns dos profissionais que poderiam encontrar vagas na agência de inteligência.

A campanha de contratação ocorre meses depois do escândalo do Preso X, o suposto agente da Mossad de nacionalidade australiana que teria traído a organização e sido preso por Israel em uma cela de isolamento, onde se matou no final de 2010, segundo a imprensa.


Terra
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário