Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Identificando um falso profeta e os seus principais alvos

Sobre os falsos profetas a Bíblia nos alerta: Porque os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transformando-se em apóstolos de Cristo” (2 Co 11.13)

Bem sabemos que a igreja ao longo de sua existência, foi alvo de tais indivíduos e hoje não é diferente. Sempre existirão.

O triste é saber que muitos crentes mudam drasticamente o rumo de suas vidas, justamente por deixarem se conduzir pelas “profetadas” que surgem repentinamente. Deixam de ouvir os seus pastores, constituídos por Deus, para justamente ouvir o lobo. Os tais, que se deixam manipular por falsos profetas, são pessoas sem conhecimento bíblico, doentes espiritualmente, sendo facilmente corrompidas e conduzidas, muitas vezes até para abismos. Comumente desobedientes aos seus líderes.

O problema é que, quase sempre, além de serem induzidas pelas falsas predições, sucumbem outros no mesmo caminho.

Que Deus tenha misericórdia de nós, para que possamos, em tempo e fora de tempo, alertamos sobre o perigo que o falso profeta causa ao cristão, à família e à igreja. 
O problema é que, “enquanto tiver os tolos para dar “ouvidos” aos tais falsos profetas, eles atuarão destruindo a fé de muitos”. 
A bíblia é enfática sobre o assunto: "Amados, não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo". (1 João 4:1); Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras...” (2 Pe 2.1); “Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora” (1 Jo 4.1); “Porque esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, e sim a seu próprio ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos incautos” (Rm 16.18).

O apóstolo Paulo chama de incautos aos que são enganados. O fato do homem ou da mulher se intitularem profetas, não quer dizer que devemos acreditar no que profetizam.

A maior profecia é a registrada na santa palavra de Deus. Fechada, a bíblia é um livro comum, mas aberta é a boca de Deus falando para a sua criatura. No entanto, é comum o crente sair em busca de profecias, o que o torna uma presa fácil para os tais falsos profetas. A imaturidade somada ao costumeiro desespero em querer ouvir “profecias” para os seus questionamentos, o torna fragilizado, se tornando alvo fácil do falso profeta.
As vitimas dos falsos profetas, são pessoas deficientes de conhecimento bíblico, com aparente fervor espiritual e normalmente desobedientes aos seus pastores.
O falso profeta pode aparentar ter uma mensagem firmemente baseada na Palavra de Deus, confundindo de certa forma qualquer cristão. Pode também apresentar altos padrões de retidão. Parecer sinceramente empenhados na obra de Deus. Demonstrar enorme interesse pela salvação das almas. Professar amor pelas pessoas. Até mesmo ser um líder espiritual e ter sucesso entre os seus seguidores. (ver Mt 7.21-23; 24.11,24; 2Co 11.13-15). MAS, à luz da bíblia, nunca foi cristão verdadeiro! Está a serviço do diabo! Que usa as habilidades justamente para influenciar e ter sucesso em seus planos, detonando a obra de Cristo, atuando como falso profeta.

Até serem descobertos, o prejuízo já foi causado para muitos, somado ao descrédito que causa a igreja, principalmente quando o estrago causado é de conhecimento dos ímpios. Por isso afirmo que são empregados do diabo, a serviço do seu reino.

Costumo dizer que para se detectar o falso profeta, nos dias atuais, não basta tão somente verificar se ele demonstra ser um cristão genuíno, um seguidor de Cristo. Digo isso, porque muitas vezes em curto prazo é difícil fazer tais avaliações. Mas, para se descobrir, é fundamental averiguar se as suas “profecias” estão fundamentadas na Palavra de Deus. Se tem respaldo bíblico. Se não tem, não é de Deus. Afinal Deus não é Deus de confusão! E ultimamente tem ainda o fator financeiro. Muitos profetizam, dizer que é da parte de Deus, mas para se beneficiarem economicamente. Que Deus nos guarde...

Por isso enfatizo que as presas mais fáceis são os sem conhecimento, justamente por não estarem alicerçados na Palavra de Deus, deixando se levar por qualquer heresia. Afinal, sem conhecimento, fatalmente se corrompem.

A. C. Carrafa
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário