Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Por que os milionários buscam refúgios para se esconder?

Muitas pessoas ultra-ricas estão se preparando discretamente para fugir e se esconder quando chegar a hora
Robert Johnson - Presidente do Institute of New Economic Thinkin

Estes super milionários estão comprando propriedades que garantam sua sobrevivência: fazendas em países distantes e profundos bunkers subterrâneos.

De fato, um ex diretor de fundos de cobertura Robert Johnson, alguém com contato direto com pessoas muito ricas, afirmou no mesmíssimo Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça, que "pessoas muito poderosas disseram estar assustadas", e surpreendeu sua audiência quando revelou que ele sabe que "gestores de fundos de cobertura de todo o mundo estão comprando propriedades com pista de aterrizagem e fazendas em lugares como Nova Zelândia".

A pergunta que surge aqui é: O que estas pessoas sabem?
Por que tantos super ricos preparam locais para se esconder e se proteger?

Robert Johnson, o homem que revelou estes dados em Davos, é o presidente do Institute of New Economic Thinking (INPEC) e em outra entrevista, admitiu que "Pessoas muito poderosas nos disseram que têm medo" e que a elite "vê cada vez mais provas de instabilidade social e violência".

E pelo visto, Johnson não é o único que disse estas coisas.

A seguinte citação extraímos do "The Mirror"...

Seus comentários foram respaldados por Stewart Wallis, diretor executivo da New Economics Foundation, que afirmou que a CNBC África: "Possuem pistas de aterrizagem em lugares como Nova Zelândia e todo esse tipo de coisas que sejam com a finalidade de fugir. Muitos deles, se pudessem, iriam para outro planeta".


Mas nem todos os elitistas estão planejando fugi para o outro lado do mundo.

Alguns estão planejando esconder-se debaixo da terra quando as circunstâncias piorarem.

 
Por exemplo, há um silo de mísseis fora de serviço no Kansas que foi transformado em uma residência de luxo de sobrevivência.

O complexo chamado Survival Condo conta com "apartamentos" que custam entre 1,5 milhões de dólares e 3 milhões de dólares cada um. O edifício tem capacidade para 75 pessoas e os compradores incluem médicos, cientistas e empresários, afirma o promotor Larry Hall.


Como são antigas bases de mísseis nucleares construídas sob a supervisão do Corpo de Engenheiros do Exército, as estruturas foram originalmente desenhadas para suportar o impacto direto de uma bomba nuclear. Ao nível do solo, podem ser selados por duas portas blindadas que pesam 7 toneladas cada uma. 
 

 
Hall adicionou sofisticadas instalações de tratamento de água e de ar, uma rede de computadores e várias fontes alternativas de geração de energia.

Imagem interior do Survival Condo.

Outros indivíduos ricos estão convertendo seus locais atuais em impenetráveis fortalezas de alta tecnologia.

Aqueles que estão envolvidos na prestação deste tipo de serviço tem visto seu negócio disparar estes últimos anos...

As famílias ricas de todo o país estão gastando milhões para proteger os seus entes queridos dos intrusos, desastres naturais ou o apocalipse, a medida que a segurança das casas se aproxima cada vez mais a tudo visto no mundo da ficção científica.

As empresas que vendem aparelhos futuristas a estes preocupados proprietários, tem manifestado crescente demanda por caros bunkers, passagens secretas, quartos do pânico e unidades de vigilância dotadas e software de reconhecimento facial.

Chris Pollack, proprietário de uma agência de consultoria de construção e design de Nova York, disse à Forbes que, embora a segurança sempre foi importante para os clientes mais ricos, os gastos com a segurança residencial cresceu notavelmente nos últimos cinco anos. E as opções disponíveis no mercado são algo próprio de um filme de James Bond.

 
Por que razão estas pessoas endinheiradas se mostram tão alarmadas?

É difícil saber com a informação de que dispomos de pessoas "normais" na rua.

Talvez eles estejam preocupados porque estão vivendo com um crescente número de pessoas no mundo ocidental que estão sendo expulsas da classe média para a pobreza e o desespero

Talvez eles sintam que a ira e a frustração estão alcançando níveis sem precedentes em muitos países. Alguns deles já fizeram declarações públicas sobre isso, como mostramos no artigo: Impressionante Carta Aberta de um Multimilionário.

E talvez saibam que se aproxima algo muito duro a nível econômico, apesar de que agora, a economia mundial pareça estar estável.

Porque as coisas não são como parecem.

Por exemplo, nos meios de comunicação nos falam do bom comportamento da economia norte-americana, em pleno crescimento segundo os noticiários e os analistas econômicos do establishment.

Mas, por exemplo, nos últimos dois anos, os acampamentos de pessoas desabrigadas tem alcançado limites históricos em Los Angeles, com acampamentos se alinhando ao longo das rodovias e preenchendo passagens inferiores de parques e campos abertos.


A única certeza é que atualmente, o 1% da população mundial acumula cerca de 50% da riqueza do mundo inteiro, e a cada ano, ainda mais riqueza se concentra em suas mãos.

Muitas destas elites sabem que se aproxima um ponto de ruptura social grave, que pode os tornará em vítimas devido sua atitude egoísta, prepotente e insensível e seu profundo desprezo pelos demais.

A maioria destas pessoas acreditam que possuem direitos de nacionalidade superiores ao resto das pessoas ou que os pobres são pobres porque merecem, ou porque não sabem construir um futuro.


Por exemplo, há poucos dias, os comentário elitistas de um jogador de cricket inglês incendiaram as redes no Reino Unido:

Stuart Broad, um milionário jogador de cricket da Inglaterra relacionado com a jet set tem um conselho para as pessoas que recebem o salário mínimo: "Sejam humildes".

Stuart Broad
O jogador de 28 anos, que recebe cerca de 1 milhão de euros anuais para jogar um dos esportes mais estúpidos do planeta, se viu obrigado a pedir desculpas por seu comentário no Twitter: "Ouvi dizer que se você ganha o salário mínimo na Inglaterra, está dentro dos 10% de melhores assalariados do mundo. Permaneçam humildes"

Broad foi educado na escola particular Oakham School, onde a matrícula custa até 40 mil euros por ano.

A raiva por tanta injustiça, tanta hipocrisia, tanta maldade e tanto cinismo, está crescendo por todo o mundo e o futuro se apresenta cada vez mais instável a nível social.

Alguém está se perguntando por qual razão neste último anos, em todos os países ocidentais, estão restringindo a liberdade de expressão da população, seu direito de manifestação, foram estabelecidos métodos de controle e vigilância massiva dos cidadãos na rua e são sentidas as bases de um estado policial tirânico?

Por que possuem tanto medo do povo?
O que esperam as elites?
Algo eles devem esperar que aconteça se planejam sua fuga, não?



Quando os ratos se preparam para abandonar o barco, é sinal de que o naufrágio é inevitável... 

A Nova Ordem Mundial
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário