Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Fim do celibato na igreja Católica? Francisco inclui celibato na agenda

02
O papa Francisco admitiu nesta quinta que está refletindo sobre o celibato e a situação de padres casados que celebram missas no rito oriental. “Isso está presente na minha agenda”, disse o pontífice, ao ser questionado sobre o tema durante um encontro com sacerdotes em Roma. 
 
Atualmente, padres católicos de rito latino que se casam são automaticamente impedidos de exercerem a comunhão e celebrarem missas.

No entanto, sacerdores de rito oriental podem contrair matrimônio e manter suas funções. Em maio do ano passado, Francisco afirmou que o celibato não é um dogma da Igreja Católica, ou seja, não é algo indiscutível em uma crença. Mas o papa ressaltou que “aprecia” essa “regra de vida”.

O celibato foi imposto no Ocidente, dentro do Código de Direito Canónico, em 1123. Mas a história da igreja traz algumas exceções na Igreja Latina, na qual houve alguns papas eram casados (Adriano II, Honório IV) e bispos também. No Brasil, por exemplo, o bispo Salomão Barbosa Ferraz foi um exemplo.

O Código de Direito Canónico (em latim Codex Iuris Canonici) é o conjunto ordenado das normas jurídicas que regulam a organização da Igreja Católica Romana (de rito latino), a hierarquia do seu governo, os direitos e obrigações dos fiéis e o conjunto de sacramentos e sanções que se estabelecem pela contravenção das mesmas normas. Na prática, é a Constituição da Igreja Católica.
 
O Tempo
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário