Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 27 de abril de 2014

REFLEXÃO: O que são santos cristãos, de acordo com a Bíblia? E o que diz o catolicismo?

A palavra santo vem do grego “hagios”, que significa “consagrado a Deus, divino, sagrado, piedoso”. É quase sempre usada no plural, “santos”. “Senhor, de muito tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém” (Atos 9:13). “Passando Pedro por toda parte, desceu também aos santos que habitavam em Lida” (Atos 9:32). “…encerrei muitos dos santos nas prisões…” (Atos 26:10).
 
A idéia da palavra “santo” é de um grupo de pessoas escolhidas para o Senhor e o Seu Reino. Há três referências relacionadas ao caráter piedoso dos santos; “…que a recebais no Senhor como convém aos santos…” (Romanos 16:2). “…com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho no seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo” (Efésios 4:12). “Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos” (Efésios 5:3).

Portanto, nos termos das Escrituras, os “santos” são o corpo de Cristo, os cristãos, a Igreja. Todos os cristãos são considerados santos… e ao mesmo tempo são chamados para serem santos. 1 Coríntios 1:2 diz claramente: “…à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos…” As palavras “santificados” e “santos” têm a mesma origem grega. Os cristãos são santos pela virtude da sua conexão com Jesus Cristo. Os cristãos são chamados a ser santos, para cada vez mais permitir que a sua vida diária se aproxime da sua posição em Cristo. Essa é a descrição e o chamado bíblico dos santos.

Como o entendimento católico romano dos “santos” se compara com o ensinamento bíblico? Não muito bem. Na teologia católica, os santos estão no Céu. Na Bíblia, os santos estão na terra. No ensinamento católico, uma pessoa não se torna um santo e menos que seja “beatificada” ou “canonizada” pelo papa ou por um bispo proeminente. Na Bíblia, todo aquele que recebe a Jesus Cristo pela fé é um santo. Na prática católica, os santos são reverenciados, recebem orações e, em alguns casos, são adorados. Na Bíblia, os santos são chamados a reverenciar, adorar e orar apenas a Deus
 
Portal Padom
DeOlhOnafigueira

Um comentário:

  1. "Na teologia católica, os santos estão no Céu. Na Bíblia, os santos estão na terra..."
    Na catequese católica os santos estão, sim, na presença de Deus, o adorando eternamente e intercedendo por nós em Cristo, mas estes mesmos homens e mulheres viveram em santidade na terra. Por exemplo São Francisco de Assis.

    "No ensinamento católico, uma pessoa não se torna um santo e menos que seja “beatificada” ou “canonizada” pelo papa... Na Bíblia, todo aquele que recebe a Jesus Cristo pela fé é um santo."
    Na catequese católica uma pessoa não se torna santo por um decreto. O que realmente acontece é um reconhecimento, pela vida de santidade, de que certa pessoa está na presença de Deus. O processo de Beatificação e Canonização é muito sério e demorado. É claro que todos que recebem Cristo como seu único e verdadeiro Deus é santo, e isto corrobora o que explanei anteriormente.

    "Na prática católica, os santos são reverenciados, recebem orações e, em alguns casos, são adorados. Na Bíblia, os santos são chamados a reverenciar, adorar e orar apenas a Deus."
    Verdade e engano na mesma afirmação. Os santos são reverenciados e lembrados pelos católicos como modelos de vida cristã. Nunca adorados, isto é engodo! Se oramos para um santo, é para que, na graça de Jesus, possamos ser atendidos por Deus.

    ResponderExcluir