Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 25 de maio de 2014

Papa Francisco surpreende todos na Terra santa….como se esperava

Tudo se cumprindo...

Vejamos o que foi publicado pelo jornal Euronews, referente a visita do Papa Francisco ao Oriente Médio:

http://static.euronews.com/articles/268280/391x219_268280.jpg?1401020703

Todos esperavam atitudes espontâneas do Sumo Pontífice durante a viagem de três dias ao Médio Oriente, e Francisco não desilude ninguém. Quando chegou à Cisjord’ania reuniu-se imediatamente com Mahamud Abbas e inistiu na necessidade de “redobrar esforços e iniciativas” para criar as condições para “uma paz estável, baseada na justiça”.

Em Belém, nesta a segunda etapa da visita à Terra Santa, quando se dirigia para o local de celebração de uma missa para mais de 9 mil pessoas, Francisco quebrou o protocolo e fez uma paragem não programada junto ao muro que separa a Cisjordânia de Israel.

“Quando João Paulo II foi à Polónia teve início a queda do regime socialista, porque não poderá Francisco trazer a paz ao Médio Oriente?”, testemunha uma argentina.

“Rezamos com todo o coração para cessar aqui a ocupação israelita, o sofrimento, as mortes sem motivo. Esperámos esta visita de esperança para o nosso povo, para que possa ser livre, com um Estado e com Jerusalém como capital”, admite um palestiniano.

O ato inesperado de Mahmoud Abbas, ao subir ao altar, para abraçar Francisco, no momento da saudação na Missa, foi outro dos pontos altos desta visita Papal à Terra Santa. No final da missa que celebrou na Praça da Manjedoura, em Belém, foi a vez de Francisco surpreender o mundo com o convite aos presidentes de Israel e da Autoridade Palestiniana para uma jornada de oração pela paz, no Vaticano, que pode ocorrer já em junho.

O enviado especial da euronews à Terra Santa, Luis Carballo, explica que “o Papa Francisco marcou esta visita com o seu estilo direto e acessível, apesar dos riscos de segurança ligados à sua escolha de circular sem viatura blindada, para estar mais perto das pessoas. Quis assim demonstrar que é preciso não ter medo, que é algo que faz lutar as pessoas umas contra as outras.”
 
Euronews
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário