Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 13 de março de 2015

Completado o altar dos sacrifícios para o novo Templo de Jeusalém

Mais uma aceleração no cumprimento profético: o Instituto de Templo em Jerusalém anunciou ter terminado a construção de um altar apropriado para os sacrifícios do Templo. 
 
Tendo demorado vários anos a ser construído, o altar pode agora ficar operacional de um momento para o outro - reportou a revista israelita Matzav Haruach.
 
O Instituto do Templo está engajado na preparação de todas as roupas e utensílios necessários para o Templo a ser reconstruído em Jerusalém. Para além disso, o Instituto dirige um centro operacional para visitantes e um programa de treinamento preparatório para membros da família sacerdotal que desejem servir assim que o Templo fique reconstruído.
 
O altar é um componente central para os serviços sacrificiais bíblicos. No Tabernáculo e no Templo existiam até diferentes altares, para o incenso e para os diversos sacrifícios.
 
O altar maior ficava situado no pátio exterior do Tabernáculo, e posteriormente no Templo. Tinha uma altura aproximada de 5 metros, e 16 de largura, com quatro "chifres" nas pontas e uma rampa de acesso.
 
De acordo com a descrição bíblica, o altar era feito de pedras que não podiam ser trabalhadas com ferramentas. Este altar preparado pelo Instituto do Templo, construído sob a direcção do arquitecto rabino Shmuel Balsam segue as mesmas regras.
 
O altar foi construído com tijolos cozidos a uns 1.000 graus de temperatura, de forma a aguentar o intenso calor da chama eterna do Templo e o peso dos animais sacrificados. As medidas correspondem à interpretação dos maimonidas.
 
Aquilo que distingue este altar é que ele pode ser facilmente montado e desmontado, permitindo que seja fácil e eficazmente transportado do seu local atual onde está sendo exibido - o Instituto - para o Monte do Templo quando a hora chegar.
 
O altar foi inaugurado em Dezembro passado e está agora pronto para ser utilizado. Quando? Ninguém sabe. Mas talvez mais próximo do que se imagina!

Shalon Israel Shalon
DeOlhOnafigueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário